Sexta-Feira, 15 de Janeiro de 2021, 19h54
INTERIOR É MAIS GRAVE
SES aponta necessidade de aumentar espaço para armazenar vacinas no Estado

Ana Flávia Corrêa

Reprodução

Vacina contra Covid - armazenamento

Plano preliminar de vacinação do Governo do Estado apontou a necessidade da ampliação da Rede de Frio Estadual para armazenamento das vacinas contra o novo coronavírus. Atualmente, central estadual opera com capacidade de 88 m³. Secretaria de Estado de Saúde (SES) afirmou que aumento de no mínimo 150m³ será necessário. Ao todo, está estimado o gasto de R$ 2,2 milhões no projeto.

“Sem essa ampliação na Central Estadual haverá comprometimento de toda a capacidade de armazenamento e distribuição de todas as vacinas. As centrais regionais também estão com sua capacidade de armazenamento comprometida, em especial as regionais de Sinop, Rondonópolis, Barra do Garças e Cáceres”, diz trecho do documento.

Plano de vacinação foi assinado nesta quinta (14). No entanto, conforme confirmou a SES ao , é apenas um documento preliminar. Isto porque pasta ainda aguarda confirmação do Ministério da Saúde para atualizar dados.

Há um projeto de ampliação da Rede de Frio que está em adequação pela Superintendência de Obras da SES. Consta na medida a construção de uma central estadual, além de mais quatro centrais regionais, além de aquisição de equipamentos de refrigeração e frota adequada para distribuição de forma terrestre.

Documento também apontou a necessidade de aquisição de câmaras de refrigeração e freezers para garantir um armazenamento adequado. Secretaria destinou R$ 1,7 milhões para este fim e materiais estão em processo de aquisição.

Vacinação

Conforme anunciou o secretário Gilberto Figueiredo, vacinação seguirá Plano Nacional de Imunização, definido pelo Ministério da Saúde. Logística quanto à segurança necessária para distribuição de vacinas e outros insumos serão disponibilizados pelo Governo do Estado.

Nos próximos dias, 141 municípios de Mato Grosso já vão começar a receber as seringas utilizadas no processo de vacinação, que já estão em estoque. O Governo anunciou a compra de mais 3 milhões de seringas descartáveis para a campanha, um gasto de  R$ 759 mil.


Fonte: RDNEWS - Portal de notícias de MT
Visite o website: https://www.rdnews.com.br/