Terça-Feira, 19 de Janeiro de 2021, 15h06
VACINAÇĂO
Análise desprezível, diz Mauro ao rebater Emanuel sobre "politicagem" com vacina

Andhressa Barboza e Jacques Gosch

Após o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) criticar a decisão de Mauro Mendes (DEM) em começar a vacinação contra Covid-19 por Várzea Grande, o governador reagiu e defendeu que se trata de homenagear os profissionais do Hospital Metropolitano, que é administrado pelo Governo do Estado.

Rodinei Crescêncio/Rdnews

Governador Mauro Mendes em coletiva de imprensa

O governador Mauro Mendes defendeu que vacinação simbólica fosse feita na vizinha VG

“É lamentável que um momento tão importante como esse, nós tenhamos uma abordagem tão insignificante como essa”, disse à imprensa nesta segunda (18).

Horas antes da chegada das primeiras doses da vacina CoronaVac ao Estado, Emanuel convocou a imprensa para apresentar o Plano de Vacinação na Capital. No evento, o prefeito disse que o município está preparado para vacinar toda a população e considerou que as medidas adotadas pela sua gestão ao longo de 2020 foram mais eficientes em conter o avanço de casos do que as ações em VG.

“Aqui é o nosso maior hospital do Estado de Mato Grosso que atende a Covid. Temos 278 leitos, 70 UTIs, um hospital 100% dedicado à Covid, temos que valorizar os profissionais daqui. Não dá para fazer esse tipo de análise, no mínimo, desprezível”, rebateu.


Fonte: RDNEWS - Portal de notícias de MT
Visite o website: https://www.rdnews.com.br/