Terça-Feira, 19 de Janeiro de 2021, 17h24
MOBILIZAÇÃO
Pais organizam carreata e pedem retorno das aulas na rede privada em Cuiabá veja

Ana Flávia Corrêa

Ao menos 100 pessoas participaram de carreata na tarde desta terça (19), em Cuiabá, para pedir para a volta as aulas na rede particular de ensino de maneira híbrida. Conforme uma das organizadoras do evento, a servidora pública Francielle Brustolin, de 39 anos, pais atuam como “sindicato” dos próprios filhos, que eles julgam ser um dos principais prejudicados com o fechamento das escolas.

Desde o início da pandemia, em março de 2020, aulas presenciais foram suspensas. Medida foi tomada pela Prefeitura de Cuiabá com o intuito de evitar a proliferação do vírus. Movimento denominado “Escolas Abertas Cuiabá”, no entanto, acredita que crianças e jovens não são vetores do novo coronavírus.

Veja o início do ato

“Nossos filhos estão sendo negados do direito à educação, sendo que as escolas estão preparadas para receber e para ensinar as crianças. Já ficou comprovado que pouco da contaminação do mundo é em crianças.”, disse a servidora. “As crianças estão com problemas psicológicos, psiquiátricos, problemas educacionais, problemas de relacionamento interpessoais, problemas de toda a monta”.

Grupo em aplicativo de mensagens conta com 500 participantes. Servidora pontuou que movimento também conta com adesão das próprias escolas privadas. Primeira manifestação aconteceu no último domingo (17) e, após este segundo ato, prefeito Emanuel Pinheiro (DEM) agendou reunião para ouvir os pais e responsáveis.

“A gente não tem nenhum documento em mãos, mas a gente tem as pesquisas internacionais e nacionais sobre contaminação nas escolas. Depois dessa conversa a gente vai elaborar um documento público”, afirmou. “Deixar bares, deixar restaurantes, deixar casa de shows, tudo aberto e com aglomeração e falar que criança não pode voltar para aula é um absurdo”.

Prefeitura ainda não deliberou sobre o retorno às aulas na rede pública de ensino. Resposta deve sair nos próximos dias. Reportagem do entrou em contato com a Secretaria Municipal de Educação, que não respondeu aos questionamentos até a publicação desta matéria.

Carreata percorreu o Centro


Fonte: RDNEWS - Portal de notícias de MT
Visite o website: https://www.rdnews.com.br/