Sexta-Feira, 22 de Janeiro de 2021, 18h12
SOLIDARIEDADE
Mauro anuncia que 5% das vacinas vindas da Índia serão doadas ao Amazonas - veja

Ana Flávia Corrêa e Jacques Gosch

Divulgação Ministério da Saúde

2 milh�es de vacinas da AstraZeneca contra a covid-19

Autoridades brasileiras recebem a vacina vinda da Índia no Aeroporto de Guarulhos na tarde desta sexta; no total, são 2 milhões de doses do imunizante

Governador Mauro Mendes (DEM) anunciou que gestores de todos os estados do Brasil concordaram em doar 5% vacinas da Oxford/AstraZeneca vindas da Índia para o Amazonas. Doses desembarcaram no país nesta sexta (22).

“Todos os governadores conversamos ontem nos grupos face àquilo que está acontecendo em Manaus. Está muito fora de controle a doença. Então, todos os governadores por unanimidade concordamos”, informou.

Os outros 95% devem ser distribuídos proporcionalmente aos estados conforme critério do número de habitantes. 

O avião da Emirates com os dois milhões de doses da vacina Oxford/AstraZeneca, vindo da Índia, pousou hoje no Aeroporto de Guarulhos (SP) por volta das 17h27 (horário de Brasília). As vacinas foram produzidas pelo laboratório indiano Serum e compradas pelo Ministério da Saúde.

Esta será a segunda remessa de vacinas encaminhadas a Mato Grosso pelo Governo Federal. Na última terça (22), 126.160 doses da CoronaVac, produzida pelo Instituto Butantan, chegaram ao Estado.

Elas já foram distribuídas aos municípios, no entanto, foram insuficientes para imunizar os grupos prioritários. Conforme já noticiou o , Mendes tenta estreitar relações com a China com o intuito de adquirir doses de vacinas. Por enquanto, elas só estão sendo adquiridas pela União.

Amazonas

Situação do Amazonas é grave em decorrência do novo coronavírus. Estado enfreta colapso no sistema de saúde. Hospitais estão lotados em meio a um surto da doença e falta oxigênio para atender os infectados. Nesta quinta (21), 159 pessoas morreram e outras 2.202 se contaminaram.


Fonte: RDNEWS - Portal de notícias de MT
Visite o website: https://www.rdnews.com.br/