Quarta-Feira, 19 de Agosto de 2009, 08h22
CÂMARA DE CUIABÁ
Confuso, Totó desconversa sobre cassação de Lutero


   Com menos de uma semana de mandato, o vereador por Cuiabá Totó César, primeiro suplente do PRTB que assumiu a vaga de titular após Ralf Leite perder o cargo, mostrou-se confuso quando perguntado se votará pela cassação do ex-presidente da Câmara, vereador Lutero Ponce (PMDB). Totó foi o entrevistado desta quarta (19) do programa Chamada Geral, da Mega FM 95,9, apresentado pelo ex-deputado federal Lino Rossi (PP).

   Num primeiro momento, o vereador disse que vai analisar o processo que pede a cassação de Lutero e, depois, votar pela moralidade. “Vamos analisar o processo e votar de acordo com a minha consciência e pela moralidade. Estou lá (na Câmara) para cumprir a vontade do povo e o povo quer a verdade e a transparência”.

   No entanto, logo em seguida, Totó sustentou que vai seguir a orientação partidária. “Primeiramente temos que obedecer o partido. Estou chegando agora na Casa e quero mostrar serviço”. Percebendo a saia-justa em que ficou o entrevistado, Lino ponderou que o PRTB deve orientar os dois vereadores da bancada a votar pela absolvição de Lutero, já que o peemedebista foi contrário à cassação de Ralf. “Se você tiver que seguir o seu partido, está claro que o PRTB vai votar pela salvação do mandato do Lutero, até porque o Lutero votou pela salvação do mandato do Ralf. Partido é partido, mas você precisa pensar na voz rouca das ruas”, amenizou Rossi.

   Totó escolheu o líder comunitário Marco Aurélio para exercer o cargo de chefe de gabinete na Câmara. Ele também está cursando Gestão Pública em uma universidade de Cuiabá.  (Andréa Haddad)


Fonte: RDNEWS - Portal de notícias de MT
Visite o website: https://www.rdnews.com.br/