Segunda-Feira, 31 de Agosto de 2009, 18h51
PAC
TRF da 1ª Região mantém liminares de Anildo e Richter


   O TRF da 1ª Região manteve nesta segunda (20) a liminar concedida ao ex-prefeito de Cuiabá, Anildo Lima Barros (82/86), proprietário da construtora Gemini. Anildo foi preso na Operação Pacenas, no início do mês, por suposto envolvimento em fraudes nas licitações do PAC em Cuiabá e Várzea Grande.

   No julgamento do mérito, os desembargadores Tourinho Neto e Assunsete Magalhães votaram com o relator, Cândido Ribeiro, que já havia concedido a liminar a Anildo. Outro envolvido, o ex-presidente do Sinduscon, Luiz Carlos Richter, também teve o mérito do recurso julgado nesta segunda e poderá responder a processo em liberdade.

   Além de Anildo e Richter, foram presos na Operação Pacenas o ex-procurador-geral da Prefeitura de Cuiabá e ex-presidente da Sanecap, José Antonio Rosa, os proprietários da empreiteira Três Irmãos, Marcelo e Carlos Avalone (PSDB), o ex-presidente da Acrimat, Jorge Pires Miranda (DEM), dono da Concremax, o ex-representante da Geosolo, Alexandre Chuttz, a presidente da Comissão de Licitações da Sanecap, Ana Virgínia, a Naná, o membro da comissão, Alexandre Chuttz, o advogado e consultor em processos licitatórios, Adilson Moreira da Silva, além de Milton Pereira do Nascimento, presidente da Comissão de Licitações de Várzea Grande, e Jaqueline Favetti, membro da mesma comissão - saiba mais aqui. (Andréa Haddad)


Fonte: RDNEWS - Portal de notícias de MT
Visite o website: https://www.rdnews.com.br/