Sexta-Feira, 05 de Fevereiro de 2010, 08h44
Denúncia
Ex-diretor denuncia manobras da Qualix para vencer licitações


Ricardo Costa   Temendo ser acusado de participação numa série de possíveis irregularidades cometidas pela Qualix Serviços Ambientais, responsável pela coleta de lixo em Cuiabá, o advogado e ex-diretor da empresa, Quirino Ferreira, entregou um “dossiê” com supostas denúncias à empresa.

   Nas 12 páginas do documento, entregue ao prefeito em 22 de janeiro, Quirino reproduz cópia dos protocolos de ações administrativas suspeitas do grupo controlador da Qualix, o Socma. Ele diz ter elaborado o “dossiê” para atestar idoneidade moral e profissional dele. O advogado solicita a Wilson que denuncie a Qualix à Polícia Federal e ao Ministério Público em São Paulo por supostos crimes cometidos pela Socma. Com a “manobra”, Quirino quer se resguardar de possíveis problemas jurídicos e faz questão de se eximir da culpa pelas irregularidades detalhadas no documento.

   Entre as denúncias, o advogado sustenta que houve modificações societárias entre empresas do mesmo grupo econômico, com alterações importantes no balanço patrimonial da empresa. Segundo ele, isso “maquiou” os índices econômicos para dar a impressão aos acionistas de que os lucros eram maiores e “simular” que havia boa situação financeira. Com isso, a empresa estaria habilitada a participar das licitações. Quirino elenca também que houve considerável endividamento financeiro e fiscal da empresa sem aporte dos acionistas.

   Ao alegar inocência, ele pondera que jamais deu anuência no que, “em tese e a princípio”, no caso da Qualix, foi a simulação de empréstimos entre empresas do grupo para gerar índices financeiros “’maquiados" de forma a atender às condições de regularidade financeira exigidas em procedimentos licitatórios.

   Quirino também denuncia possível evasão de divisas pela diretoria grupo Socma, mediante transferência irregular de valores para a Argentina. Ele pede que os eventuais crimes contra o Sistema Financeiro sejam investigados pelo MP paulista.

   O advogado solicita também que seja investigado o fato da Socma ter como acionistas a Sideco do Brasil Ltda e a CSS Participações Ltda. A última, segundo ele, foi criada exclusivamente para firmar sociedades, comerciais e civis, mas não possui qualquer atividade operacional. “Não oferta serviços ou produtos”, revela.

   Ao final do relato, Quirino coloca-se à disposição para sanar dúvidas no possível inquérito policial a ser instaurado para investigar as irregularidades. Também pede a elucidação das eventuais repercussões criminais dos fatos levados ao conhecimento do MP.

    Outro lado

   Ao ser procurado pelo RDNews, o gerente da Qualix em Cuiabá, Ricardo Costa, confirmou que Quirino Ferreira atuou como diretor da empresa. Contudo, não soube dizer se a diretoria em São Paulo tem conhecimento das denúncias. A assessoria de imprensa também foi procurada, mas não retornou com um posicionamento do grupo.


Fonte: RDNEWS - Portal de notícias de MT
Visite o website: https://www.rdnews.com.br/