Quinta-Feira, 11 de Março de 2010, 23h39
EMBATE
Wilson ameaça contratar novos dentistas se greve não terminar


Wilson Santos O prefeito de Cuiabá, Wilson Santos (PSDB) declarou “guerra” aos cirurgiões dentistas da rede municipal. Em coletiva nesta quinta (11), o tucano revelou que vai "cortar" parte da remuneração dos profissionais, referente aos prêmios e gratificações. Também disse que está negociando a contratação outros cirurgiões dentistas para substituir os 280 que se encontram em greve.

A categoria paralisou os atendimentos há 45 dias. Os profissionais reivindicam aumento salarial, convocação de concursados, melhores condições de trabalho e implantação de Centros de Especialidades Odontológicas (CEOs). Também almejam a aprovação na Câmara e posterior sanção do prefeito do Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCV).

Na primeira e única proposta apresentada, Wilson propôs aumentar o salário de R$ 847 para R$ 1,1 mil. A oferta não agradou os profissionais. Segundo o presidente do Sindicato dos Cirurgiões Dentistas, Gustavo Oliveira, o prefeito não acatou a proposta salarial e demais itens da pauta de reivindicações. Os cirurgiões pedem que o piso inicial seja fixado em R$ 1,6 mil. “O prefeito nos fez uma proposta esdrúxula. Não vamos aceitar”, avisou o sindicalista.

Gustavo também mandou um duro recado aos profissionais que aceitarem a proposta da Prefeitura de Cuiabá. “Quem assinar contrato no período em que a categoria está paralisada vai enfrentar processo. Pelo código de ética, ninguém pode fazer este tipo de procedimento com a categoria em greve. O Conselho Regional já sabe e nos autoriza a questionar eventuais contratos”, ressaltou.

Wilson, por sua vez, disse que não há outra proposta a oferecer. Segundo ele, a contratação de novos profissionais é a única ação a ser tomada daqui em diante.


Fonte: RDNEWS - Portal de notícias de MT
Visite o website: https://www.rdnews.com.br/