Quinta-Feira, 28 de Junho de 2007, 16h04
INVESTIGAÇÃO
Petistas Abicalil, Cesar e Lúdio são denunciados


Deputado Carlos Abicalil, um dos acusados de propaganda extemporânea

   O Movimento Cívico de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE) protocolou nesta quinta (28) junto ao TRE/MT denúncia contra três petistas: o deputado federal Carlos Abicalil, o estadual Alexandre Cesar e o vereador por Cuiabá, Lúdio Cabral. Eles são acusados de promoverem propaganda extemporânea e de usarem indevidamente a logomarca do Programa Universidade para Todos (ProUni) em benefício pessoal.

     Abicalil, Alexandre e Lúdio elaboraram panfletos com informações do ProUni e inseriram suas fotografias e também logomarcas de campanhas eleitorais. O material foi distribuídos a centenas de estudantes, principalmente da Grande Cuiabá. Para Antônio Cavalcanti, o Ceará, um dos coordenadores do MCCE, a prática dos três petistas pode configurar dois crimes: campanha extemporânea e utilização do programa do governo federal para promoção pessoal. A denúncia será apurada pelo Tribunal Regional Eleitoral.

     O ProUni assegura a concessão de bolsas de estudos integrais e parciais a estudantes de baixa renda, em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, em instituições privadas de educação superior. Como em Mato Grosso é elevado o número de estudantes que aderiram ao programa, os três petistas resolveram então explorá-lo mais com interesse político-eleitoral. Agora, vão responder na Justiça pela panfletagem que, segundo denúncia do MCCE, pode comprometê-los, inclusive em eleições futuras.


Fonte: RDNEWS - Portal de notícias de MT
Visite o website: https://www.rdnews.com.br/