Segunda-Feira, 15 de Outubro de 2007, 19h05
CUIABÁ
Vereador Sávio crê na criação da CPI da Chica


    De sete assinaturas necessárias para que a "CPI da Chica Nunes" seja instalada, faltam apenas duas assinaturas. O último vereador a assinar o requerimento com vistas a apurar supostas irregularidades na gestão Chica Nunes (PSDB) foi Eronides da Luz, o Nona (PSDB), presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara. A proposta de CPI partiu do vereador peemedebista Domingos Sávio (PMDB) e dividiu opiniões.

   Em princípio, Nona dizia que o caso não caberia CPI. Ele alegava que a fiscalização é uma atribuição do Tribunal de Contas do Estado (TCE) que, por sua vez, encaminha cópia do relatório ao Ministério Público. Agora, Nona resolveu assinar o requerimento.

      Depois dos parlamentares Enelinda Scala (PT), Mário Lúcio (PMDB), Permínio Pinto (PSDB), Domingos Sávio e Nona assinarem o proposta de CPI, quem sinaliza que tomará a mesma atitude é o vereador Dilemário Alencar (PTB). Mas, segundo ele, isso dependerá dos argumentos jurídicos que o grupo utiliza. "Agora, com o aval do presidente da CCJ, há um forte indicativo de que mais parlamentares venham a aderir a proposição de Sávio. Vou conversar com Nona e se ele tiver bem respaldado juridicamente, também assinarei o documento sem problemas", frisou Dilemário.

     Divergências

     A CPI da Chica ainda nem foi instalada e já causa demonstrações de oportunismo. Muitos vereadores cuiabanos fazem questão de gritar da tribuna que querem ter acesso à auditoria, concluída pela atual Mesa sob Lutero Ponce e que foi encaminhada ao TCE, contendo falhas administrativas da gestão Chica. Ivan Evangelista é um dos que mais pedem para ver o resultado da auditoria. Mas sua atitude é questionada por Domingos Sávio. Para ele, fica a pergunta no ar: Por que, já que pede tanto o resultado da auditoria, não assina o pedido de CPI?". (Simone Alves)


Fonte: RDNEWS - Portal de notícias de MT
Visite o website: https://www.rdnews.com.br/