Quarta-Feira, 21 de Novembro de 2007, 16h26
JUDICIÁRIO
TSE nega habeas corpus a prefeito de Sorriso


   O prefeito de Sorriso Dilceu Rossato (PPS) teve seu pedido de habeas corpus negado pelo Tribunal Superior Eleitoral. O socialista foi acusado pelo Ministério Público de cometer crime eleitoral no pleito de 2004. Na semana passada, o deputado Alexandre Cesar (PT) também recorreu ao TSE com um pedido de HC e não obteve êxito.

    No caso do prefeito de Sorriso, o MP afirma que Dilceu Rossato oferecia pagamento de parcelas de financiamentos habitacionais em troca de votos. O ministro-relator José Delgado considerou que, "havendo provas e indícios de autoria, não se cogita trancar a ação penal".

    Saiba mais aqui.


Fonte: RDNEWS - Portal de notícias de MT
Visite o website: https://www.rdnews.com.br/