Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2008, 15h31
VARIEDADES
Ex-prefeito Helinho já deixará o hospital no dia 8



Situação da camioneta de Helinho, que sobreviveu ao acidente

Hélio Brandão deixa o hospital na próxima semana  O ex-prefeito de Jangada, Hélio Brandão, o Helinho (2000/2004), que sofreu um grave acidente em 7 de dezembro, em que morreram duas pessoas, apresenta uma recuperação do quadro clínico que vem surpreendendo até mesmo os médicos que o assistem. Helinho dirigia sua camioneta S-10, cabine dupla, na estrada da Guia, sentido Jangada-Cuiabá, via Acorizal, quando colidiu com um veículo Corsa, que transportava três pessoas. Um caminhão carregado de brita também se envolveu no acidente.

   O ex-prefeito sofreu várias fraturas nas costelas e foi submetido a uma cirurgia, assim que deu entrada no Hospital e Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá (HPSMC). Depois foi transferido à UTI do Santa Rosa. Hoje, 28 dias depois, Helinho já está no apartamento 7 do hospital e a expectativa dos médicos e liberá-lo já na próxima terça (8). "Helinho vem dando uma demonstração de superação. Ele viveu de novo para alegria de todos", comemora o superintendente da Associação Mato-Grossense dos Municípios (AMM), Adjaime Ramos de Souza, um dos amigos próximos do ex-prefeito.

    Helinho atuou por alguns meses no ano passado como secretário-adjunto da Infra-Estrutura. Depois, assumiu o Consórcio de Desenvolvimento da Baixada Cuiabana, ligado à secretaria de Projetos Estratégicos. Ele é cunhado do prefeito Maia Neto, de Alto Araguaia, para onde transferiu residência assim que deixou a Prefeitura de Jangada.

    No acidente envolvendo os três veículos morreram duas pessoas, entre elas o ex-líder comunitário Márcio de Souza. A camioneta do ex-prefeito, que bateu na traseira de um caminhão carregado de brita, rodou na pista e, nesse interím, foi atingida por um Corsa. Márcio de Souza, que estava no banco de passageiro e era portador de deficiência física, morreu na hora.


Fonte: RDNEWS - Portal de notícias de MT
Visite o website: https://www.rdnews.com.br/