Terça-Feira, 15 de Janeiro de 2008, 10h15
VARIEDADES
Bosaipo também ganha pensão vitalícia do FAP


 Depois do deputado federal Homero Pereira (PR), eis mais um privilegiado com a "gorda" pensão vitalícia do Fundo de Assistência Parlamentar (FAP), mesmo já extinto. Trata-se de Humberto Bosaipo. A partir da folha deste mês, ele passa a ter direito a receber integralmente o subsídio que hoje está em R$ 12,5 mil, mesmo valor que ganha um deputado estadual (75% do vencimento de um federal ou senador).

   Além da pensão do FAP para o resto da vida, Bosaipo, que foi deputado estadual por cinco mandatos, conta também com um salário mensal de R$ 22 mil como conselheiro do Tribunal de Contas do Estado. Ele foi empossado na cadeira vitalícia há menos de um mês. Ao todo, são R$ 34,5 mil de salário (R$ 414 mil por ano), fora uma série de privilégios e regalias e prerrogativa de desembargador do Tribunal de Justiça. De um lado, o ex-deputado e agora conselheiro acumula bons vencimentos e privilégios. De outro, responde a mais de 40 processos na Justiça.

   Como contribuiu com o FAP durante o período em que atuou na Assembléia, Bosaipo tem o direito à pensão, segundo informa o Conselho Deliberativo, presidido por outro privilegiado, o ex-deputado e conselheiro aposentado do TCE, Oscar Ribeiro, que também recebe duas pensões.

   Hoje, mais de 500 pessoas "engordam" a folha do FAP - veja aqui alguns nomes da lista. De um duodécimo de R$ 116,2 milhões da Assembléia para este ano, nada menos que R$ 25,5 milhões são destinados ao Instituto de Seguridade do Poder Legislativo.

   O último a entrar na lista de beneficiários foi o federal Homero Pereira, que era suplente e assumiu mandato de deputado estadual na década de 1990 por cerca de dois anos - saiba mais aqui.


Fonte: RDNEWS - Portal de notícias de MT
Visite o website: https://www.rdnews.com.br/