Quarta-Feira, 23 de Janeiro de 2008, 20h55
EMBATE JURÍDICO
Vieira entrega cargo e quer ruptura com Santos


João Vieira se mostra descontente com o prefeito Santos  Presidente da Habitação diz que prefeito não cumpre compromissos, acusa núcleo duro do PSDB de menosprezar a legenda petebista e defende candidatura própria

   O presidente da Agência de Habitação da Capital, João Vieira, militante histórico do PTB, decidiu suspender as férias no Rio, retorna à capital mato-grossense no domingo e já solicitou à direção do partido uma reunião extraordinária na próxima semana para discutir a proposta de romper de vez com o prefeito Wilson Santos (PSDB). Vieira disse que o grau de insatisfação do PTB para com o tucano é muito grande e, dessa forma, defende rompimento político já.

   Ele adianta que entregará o cargo. Segundo Vieira, o prefeito não está cumprindo uma série de compromissos políticos e muito menos o tem ajudado nos projetos na área habitacional. Destaca que os projetos estratégicos que começou a tocar foram impulsionados por iniciativa própria e com ajuda do secretário-executivo do Ministério das Cidades, Rodrigo Figueiredo, e também com respaldo do ex-vereador cuiabano Totó Parente, que atua como secretário do Fundo Constitucional do Centro-Oeste, ligado ao Ministério da Integração Nacional. 

    João Vieira destacou, por telefone, já ter avisado nesta mesma quarta (23) sobre sua posição ao secretário de Governo, Andelson Gil do Amaral. Segundo ele, os demais integrantes da direção do PTB apóiam a idéia de debater a proposta de rompimento.

   O presidente da Agência de Habitação é o único petebista que compõe o staff da gestão Santos desde janeiro de 2005. Ele começou como secretário de Trabalho, Desenvolvimento Econômico e Turismo. No ano passado, foi remanejado para Habitação no lugar de outro petebista, o vereador Júlio Pinheiro. Hoje, além da Habitação, o partido presidido em Cuiabá pelo deputado Chico Galindo, comanda a pasta do Trabalho e Desenvolvimento Econômico com Moisés Dias.

   Projeto próprio

   De acordo com João Vieira, o PTB deve partir para candidatura própria. Destaca que nomes para encabeçar chapa na corrida a prefeito não faltam e cita, entre as opções, o seu próprio nome, do empresário Célio Fernandes, presidente do Fórum de Empresários de Mato Grosso (Foremat), dos também empresários e irmãos Chico e Altamiro Galindo, e do ex-deputado Oswaldo Sobrinho, que atua hoje na assessoria do Dnit em Brasília.

   "Vamos partir para projeto próprio. Da minha parte entrego o cargo ao governo Wilson Santos. Time que não disputa não tem a mínima chance de ganhar campeonato. Não vamos mais ficar a reboque do PSDB". De acordo com o petebista, existe um núcleo duro do PSDB que vem menosprezando o PTB. "Já avisei para o Andelson que vou entregar o cargo e vamos partir para candidatura própria. Vamos partir para a guerra", declarou João Vieira. 


Fonte: RDNEWS - Portal de notícias de MT
Visite o website: https://www.rdnews.com.br/