Quinta-Feira, 27 de Março de 2008, 11h35
VÁRZEA GRANDE
Infiel, Boró presta depoimento ao TRE nesta 5ª


  Acusado de infidelidade partidária, testemunhas de defesa do vereador por Várzea Grande, Marcos Boró (PP), vão prestar depoimento nesta quinta (27), às 15h, ao Pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), sob relatoria do juiz-membro João Celestino Corrêa da Costa. Como testemunha, Boró arrolou o aliado Ademir Magalhães e também. O mandato do hoje progressista foi requerido pelo seu ex-partido, o PSC, embasado no descumprimento da determinação pró-fidelidade partidária imposta pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e referendada pelo TSE.

   Para testemunhar o ato de infidelidade do parlamentar, o PSC convocou Mabel Mônica Campos Mayer Vicente e Jorge Antônio de Moraes. Pela coligação PSC/PSL, Boró foi eleito em 2004, com 1.765 votos. Caso o TRE decida pela cassação do mandato do parlamentar, o segundo suplente, servidor da Prefeitura de Várzea Grande Álvaro Ribeiro Rocha (PSC), assumirá a cadeira, já que o primeiro suplente Jadir Pereira (PSC), é policial militar e, conforme o regimento da PM, Jadir só poderá ocupar o posto de vereador depois que se aposentar.

    Audiência

   Outra audiência por infidelidade partidária está marcada para esta sexta (28), com o presidente da Câmara da Capital, vereador Lutero Ponce (PMDB). Este saiu do PP e migrou para o PMDB, o qual preside hoje em Cuiabá - leia mais aqui. (Pollyana Araújo)


Fonte: RDNEWS - Portal de notícias de MT
Visite o website: https://www.rdnews.com.br/