Sábado, 19 de Abril de 2008, 18h00
DESCONTRAÇÃO
Maria Bethânia traz inspiração ao poeta Chidiac


  Maria Bethânia, como dizia o poeta Carole Chidiac,  é união de quatro elementos. Tem o veneno e o antídoto da vida. Canta o que vale a pena recordar. Ela vive, suporta e se prepara. "Escrever sobre ela exige punho firme, voz ativa, olhos sinceros. Caminhar em seus entremeios é encantar-se pela sua resistência em função do que sempre quis cumprir. E sabia que tinha que cumprir", já dizia o poeta, para quem Bethânia foi predestinada ao palco e à magia. "Chegar até Bethânia por obra do destino, é descobrir nossa própria alma guerreira. E sentir alívio ao ver o fogo, fulgir e fundir-se, coabitar com ele". (Pollyana Araújo)

   Confira uma de suas interpretações 


Fonte: RDNEWS - Portal de notícias de MT
Visite o website: https://www.rdnews.com.br/