Sábado, 26 de Abril de 2008, 18h41
VARIEDADES
Em informativo, Maluf não cita prefeito e vê caos


  O deputado estadual Guilherme Maluf (PSDB), que por 10 meses comandou a pasta da Saúde de Cuiabá e saiu forçado da administração, deu mais uma demonstração de que está na bronca e distanciado do prefeito Wilson Santos, apesar de ambos serem do mesmo partido e grupo político. Ele lançou um informativo intitulado "Prestação de Contas - Saúde". São 16 páginas, com 89 fotografias, das quais 13 de Maluf e nenhuma do prefeito. Nenhuma das matérias cita, sequer, o nome de Santos. O informativo foi distribuído neste sábado (26) em pontos estratégicos, três meses após Maluf ter deixado o cargo.

  No posto de saúde da Cidade Verde, um homem fazia a panfletagem. Se Maluf fosse pré-candidato às eleições deste ano poderia até ser acusado de estar fazendo propaganda extemporânea. A capa do informativo traz o símbolo do PSDB, o nome do deputado em destaque e com a expressão "fazendo a diferença!" (sim, com exclamação). O informativo tem 16 páginas e apresenta como manchete principal "Dez meses de trabalho honesto e transparente".

   No editorial, Guilherme Maluf manda o seu recado: "(...) Lamentavelmente, encontramos a secretaria  num verdadeiro caos, com greve em todos os setores. Em 10 meses, reorganizamos sua situação financeira, inclusive com grande economia para os cofres públicos, melhoramos a qualidade dos serviços e estabelecemos um clima de grande harmonia e companheirismo, conquistando a confiança dos servidores".

   Apesar dessas argumentações, Maluf deixou a Saúde pela porta do fundo. Ele entrou em rota de colisão com o prefeito Santos, que não o autorizou a avançar nas negociações sobre o Plano de Cargos, Carreira e Salários. Maluf ficou "impotente" diante da categoria. A relação com o prefeito ficou traumática e, numa das conversas, o então deputado licenciado entregou o cargo. Santos aceitou e logo anunciou Luiz Soares como substituto.


Informativo enaltece o ex-secretário Guilherme Maluf, ignora Santos e lembra que a Saúde vivia o caos


Fonte: RDNEWS - Portal de notícias de MT
Visite o website: https://www.rdnews.com.br/