Quinta-Feira, 01 de Maio de 2008, 12h41
ESPORTE
Duelo Mixto x União cria confronto entre cidades


  Cuiabá e Rondonópolis já se separam na política e agora brigam também no gramado

  A rivalidade entre Cuiabá e Rondonópolis, já perceptível na política partidária, ganha uma dimensão maior com o confronto entre o Mixto e o União, que disputam neste feriado de 1º de maio a primeira partida decisiva do campeonato Mato-Grossense de 2008. O primeiro duelo começa às 17h, no Verdão. A grande final será no estádio Luthero Lopes, em Rondonópolis, no domingo (4).

   O clima é de euforia, principalmente em Rondonópolis. A torcida espera por 35 anos pela conquista do primeiro título no Estadual. Cerca de 20 ônibus foram alugados para transportar os torcedores a Cuiabá. Já na Capital, os mixtenses também não deixam por menos. Querem lotar o Verdão.

  O União, que fez a melhor campanha, tem a vantagem do empate. A equipe possui, entre os patrocinadores, o Grupo Amaggi, do governador Blairo Maggi. O Mixto, por sua vez, conta com patrocínio do deputado estadual José Riva, primeiro-secretário da Assembléia.

   No campo político, Cuiabá e Rondonópolis dividem espaços nos legislativos. Na Assembléia, a bancada cuiabana é composta pelo presidente Sérgio Ricardo (PR), Roberto França (sem partido) e pelos tucanos Guilherme Maluf e Chica Nunes. A rondonopolitana tem Percival Muniz (PPS), Zé do Pátio (PMDB) e Sebastião Rezende (PR).

   Na Câmara Federal, Rondonópolis conta com Carlos Bezerra (PMDB) e Wellington Fagundes (PR), enquanto Cuiabá é representada por 4 dos 8 federais: Thelma de Oliveira (PSDB), Eliene Lima (PP), Valtenir Pereira (PSB) e Carlos Abicalil (PT).

(Às 15h30) - Vou torcer pelo União, diz governador

Governador Maggi, no estádio Verdão, torce pelo União e, ao fundo, bandeira da torcida do Mixto  "Já com a camisa do vermelhinho no peito e vou lá (no estádio Verdão) torcer pelo União", disse há pouco o governador Blairo Maggi, em entrevista ao RDNews.  Ele assume ser torcedor de coração da equipe rondonopolitano. Maggi afirma que vai prestigiar a final do Campeonato Mato-Grossense, tanto nesta quinta quanto na final, domingo, em Rondonópolis, onde reside. "Vou torcer para o meu time ganhar, mas, no geral, eu torço para que o futebol de Mato Grosso cresça cada vez mais, com bastante torcida nos estádios", enfatiza o governador, que, entre a torcida unionina, é tido como "pé-frio", ou seja, aquele que acaba trazendo azar para o time na final do campeonato.

   Maggi observa que o futebol divide opiniões e considera natural rivalidade. Lembra que, no geral, cada um traz um time no coração. Observa que o prefeito de Cuiabá, Wilson Santos, por exemplo, é considerado torcedor do Operário de Várzea Grande. "Vamos torcer e independente disso a vida continua", destaca o governador que, em âmbito nacional, é torcedor do Internacional.

(Às 16h55) - Vários políticos comparecem ao Verdão

  O governador Blairo Maggi chegou ao estádio Verdão para prestigiar a primeira partida da decisão final entre Mixto e União acompanhado do seu secretário de Esportes e Lazer, Baiano Filho. Torcedor fanático do clube de Rondonópolis, Maggi não foi vaiado. Outros líderes políticos também estão no estádio, como os deputados estaduais Roberto França (sem partido), José Riva (PP) e Percival Muniz. Aliás, Muniz, ex-prefeito de Rondonópolis, se infiltrou no meio da torcida do Mixto, contrariando os unioninos. Alguns acham até que o deputado do PPS, no fundo, é torcedor do Vila Aurora, rival do União. O presidente da OAB-MT, Francisco Faiad, apareceu no estádio trajando uma camisa do Corinthians.

(Às 17h10) - Riva vira até comentarista esportivo

  O primeiro-secretário da Assembléia, deputado José Riva, pré-candidato a senador, agora inventou mais uma: virou comentarista esportivo. Durante alguns jogos do Campeonato Mato-Grossense, o homem que manda na AL fez comentários na rádio CBN Cuiabá. Agora, nesta quinta, Riva comenta, pela TV Assembléia, o primeiro confronto da decisão do Estadual entre Mixto e União. Outro comentarista da TV AL é o também deputado estadual, radialista e apresentador Roberto França. O placar, aos 15 minutos iniciais, está em 0 a 0.

(Às 18h) - Líderes "roubam" cena e exploram imagem

  Mixto e União seguem em 0 a 0 nesta primeira partida da decisão final. Enquanto isso, a cabine da TV Assembléia, que transmite o jogo ao vivo, políticos fazem fila para dar entrevista na emissora. De um lado, o deputado Zé do Pátio (PMDB), pré-candidato a prefeito de Rondonópolis, afirmou que o União será o campeão, "pois realiza uma melhor partida". Já o deputado federal Eliene Lima (PP) contrapôs Pátio. Para o progressista, quem conquistará o título será o Mixto. Outros líderes políticos de Rondonópolis foram à cabine, como o deputado Percival Muniz e o prefeito Adilton Sachetti (PR), que está em pré-campanha à reeleição. Gilmar Fabris não compareceu ao estádio, mas pediu que seu nome fosse enfatizado na transmissão do jogo. Foi o suficiente para França, Riva e o narrador Osmar Tiago "puxarem o saco" do parlamentar.

(Às 18h25) - Oficial de Justiça recolhe renda do Mixto

  Um oficial de Justiça já está na boca-do-caixa do estádio Verdão, em Cuiabá. Para cumprir determinação da Justiça do Trabalho, ele aguarda o final da partida entre Mixto e União para poder recolher a renda do jogo que seria destinada à equipe cuiabana. O Mixto está atolado em dívidas trabalhistas. Tudo que se arrecada das partidas deve ser depositado em juízo para pagamento dessas dívidas. O clube é presidido pelo vereador Júlio Pinheiro (PTB), que tenta usar o esporte para se reeleger. Cerca de 8 mil torcedores devem ter pago ingresso para assistirem ao jogo.

(Às 19h) - 1º partida da final termina em 0 x 0

   O primeiro embate na final do Campeonato Mato-Grossense de 2008, nesta quinta no Verdão, terminou em 0 a 0, às 19h. Agora, União e Mixto voltam a se enfrentar na grande final, domingo, no Luthero Lopes, em Rondonópolis. A vantagem do empate é para o União, que há 35 anos, desde sua fundação, nunca conquistou o título.


Fonte: RDNEWS - Portal de notícias de MT
Visite o website: https://www.rdnews.com.br/