Terça-Feira, 16 de Janeiro de 2007, 17h51
JUDICIÁRIO
Decisão do TJ mantém passagem a R$ 1,85


     O desembargador José Jurandir de Lima, presidente do Tribunal de Justiça, indeferiu o pedido de suspensão de liminares impetrado pela Procuradoria-Geral de Cuiabá, que pleiteava derrubar a decisão de primeiro grau e, assim, manter a elevação da tarifa para R$ 2,05. Com a decisão, a passagem continua fixada em R$ 1,85.

     O procurador-geral José Antônio Rosa e seu adjunto Fernando Figueiredo vão agora preparar recurso para cada uma das quatro decisões. O magistrado Jurandir de Lima entendeu que a derrubada do aumento da tarifa do transporte coletivo não causou desordem à administração pública e nem feriu o princípio da tripartição de Poderes, livres e independentes entre si, conforme fundamentou a Procuradoria-Geral de Cuiabá.


Fonte: RDNEWS - Portal de notícias de MT
Visite o website: https://www.rdnews.com.br/