Domingo, 12 de Outubro de 2008, 16h39
ELEIÇÃO
Irmão de Santos perde reeleição em Novo Airão


Prefeito do município amazonense enfrenta gestão tumultuada, com afastamento e até prisão, e teve o registro de sua candidatura cassado

  O irmão do prefeito cuiabano Wilson Santos, Wilton Pereira dos Santos (PSDB), que chegou a ser afastado do cargo de prefeito de Novo Airão (AM) por supostos atos de improbidade, disputou a reeleição sob força de uma liminar porque está com o registro de candidatura cassado. Por causa disso, seus votos nem foram contabilizados. Na lista dos quatro candidatos à sucessão no município amazonense, Wilton figura em último lugar e sem um voto.

   Wilton concorreu pela coligação "União por Novo Airão", composta por 6 legendas: PTB, PMDB, DEM, PSB, PRP e PSDB. O prefeito eleito é Gordo do Campinho (PSDC), que teve 2.086 votos (67,10%). Em segundo lugar ficou a petista Lindinalva Ferreira da Silva (911 votos), seguido de Frederico Júnior (PRB0, com 112 votos e, por Wilton Santos (nenhum voto).

   Wilton teve uma administração tumultuada. Enfrentou brigas com a Câmara Municipal e até com a Justiça. Está prestes a concluir um mandato, do qual foi afastado por duas vezes. Em julho de 2005, logo no íncio da gestão, teve a prisão preventiva decretada com mais outras 5  pessoas. Foram acusadas de envolvimento em um suposto desvio de R$ 5,4 milhões do erário. Após 18 horas detido numa delegacia, Wilton foi libertado. Na bronca, acusou o juiz Ronnie Stone, que havia decretado sua prisão, de ter “manipulado” dinheiro da Prefeitura no final de 2000.

   Família Santos

Elias Santos, vice-prefeito eleito de Chapada dos Guimarães  Wilton dos Santos é filho de Noêmia e Elias Pereira dos Santos. O casal tem 5 filhos: Wilson, Elias, Uilza, Ana Lúcia e o próprio Wilton. Os homens da família Santos têm militância política ativa. Enquanto Wilton sai derrotado das urnas, o irmão Elias Santos (PMDB) conquista o cargo de vice-prefeito de Chapada dos Guimarães na chapa do prefeito eleito Flávio Daltro (PP). A posse para o mandato de quatro anos será em 1º de janeiro. Já Wilson Santos enfrenta embate duro em Cuiabá contra Mauro Mendes (PR) na esperança de reconquistar o mandato de prefeito de Cuiabá.


Fonte: RDNEWS - Portal de notícias de MT
Visite o website: https://www.rdnews.com.br/