Terça-Feira, 14 de Outubro de 2008, 09h03
ARTICULAÇÃO
5 já brigam pela AMM; Celso é o mais apressado


Fernando Ordakowski
  Antes mesmo da diplomação e posse para o segundo mandato, o prefeito reeleito de Colíder com 56,38% dos votos válidos, Celso Banazeski (PR), já está articulando sua candidatura à presidência da Associação Mato-Grossense dos Municípios. A eleição acontece em fevereiro, um mês após a posse dos 141 novos prefeitos, incluindo os 38 já reeleitos. Também estão em campanha pelo comando da entidade mais três nomes do próprio PR, sendo eles os prefeitos reeleitos Augustinho de Freitas, de Pedra Preta; Walter Farias, de Canarana; e o republicano eleito Neurilan Fraga, de Nortelândia, além de Pedro Ferreira de Souza (PP), de Jauru.

  Dessa forma, já são 5 gestores que assumem publicamente pretensões de disputar a sucessão do presidente José Aparecido dos Santos, o Cidinho (DEM). A lista pode chegar a 10, já que a maioria das candidaturas são mais balão-de-ensaio. O mandato é de dois anos.

  Celso Banazeski revela que já começou a manter contato com os colegas gestores. Aposta que conseguirá aglutinar apoio da maioria. Ele considera importante o fato do seu PR ter conquistado a maioria das prefeituras (33) e também sinaliza que tende a conseguir adesão daqueles eleitos e reeleitos pelo PP. Para tanto, aposta em sua amizade com um dos cacique do partido é que não é nem prefeito, o deputado José Riva.

  Na avaliação do prefeito de Colíder, a AMM tem sido suporte fundamental para as prefeituras, inclusive quanto à consultoria e na elaboração de projetos. Entende que os municípios têm razão quando promovem marcha a Brasília, de pires nas mãos, em busca de mais recursos porque considera que as receitas próprias não são suficientes para atender a demanda. "A fase é de conversar bastante. É o que estamos fazendo", destaca Celso.

   Com 75 funcionários e 135 das 141 prefeituras associadas, a AMM está hoje sob José Aparecido, o Cidinho. Ele exerce o segundo mandato consecutivo. Dos 12 que conduziram a entidade até hoje, apenas Cidinho, prefeito de Nova Marilândia, e Érico Piana, que administrou Primavera do Leste por três mandatos, tiveram dois mandatos. O primeiro dirigente foi Anildo de Lima Barros (83/85), ex-prefeito de Cuiabá.


Fonte: RDNEWS - Portal de notícias de MT
Visite o website: https://www.rdnews.com.br/