Atualização Automática: LIGADA | DESLIGADA
  • 09h:01

  • 08h:56

  • 08h:54

    A determinação é do desembargador José Zuquim

  • 08h:48

    O decisão do TJ está sob segredo de Justiça. O apurou que o MPE deve pedir para que o sigilo seja "levantado".

  • 08h:47

    Coordenador do Gaeco, Marcos Bulhões, deixa a sede da Assembleia e informa que o Naco irá se pronunciar apenas por nota. Ele afirma ainda que não há nenhum mandado de prisão.

  • 08h:29

    O ex-deputado federal alvo da operação é Pedro Henry

  • 08h:24

    Entre os alvos estão Dalton Vasconcelos, assessor de Mauro Savi, e um empresário de pré-nome Claudemir. As possíveis conduções coercitivas foram suspensas. A situação ocorre após determinação do ministro do STF, Gilmar Mendes, que acatou pedido do PT, quando Dilma Rousseff ocupava a Presidência. O partido pedia para "declarar a inconstitucionalidade do uso da condução coercitiva como medida cautelar autônoma com a finalidade de obtenção de depoimentos de suspeitos, indiciados ou acusados em qualquer investigação de natureza criminal".

  • 07h:45

    Da casa do presidente da AL Eduardo Botelho os agentes levaram documentos e um CPU. 

  • 07h:43

    Cunhado do deputado Mauro Savi também teve a casa revistada por agentes em Sorriso. Ainda não foi informado o nome do cunhado.

  • 07h:37

    O deputado Mauro Savi seria um dos principais alvos da delação de Doia, que ajudou a subsidiar a ação de hoje.