• valmir | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    jaime campos ve se voces ficam mais humildes o sr. e toda a sua familia se quer ser governador de novo fala logo e começa a trabalhar eu sempre votei no sr mas ultimamente a prepotencia de vocesja nao da p/ aguentar poe o pe no chao pois nos nao somos nada nesta vida

  • PAULO CARDOSO - P C | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A politica virou, especialmente em MT, alojamento de mal intencioandos com o POVO, em Nortelândia não é diferente candidatos para se eleger ABOCANHOU O DEMOCRATAS E O PARTIDO REPUBLICANO......E AGORA VAI OPTAR POR QUEM?....PELO JAIME CAMPOS OU PELO GOVERNADOR?......COMO FICA A FIDELIDADE PARTIDÁRIA?.........ESPERAMOS PRÁ VER.

  • Wilson | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    JOGADA DE SENA.

    SE REALMENTE O SENADOR JAIME QUER SER OPOSIÇÃO , É SO SE LICENCIAR DO SENADO. aÍ SIM VAMOS ACREDITAR NAS SUAS INTENÇÕES, SE NÃO É SÓ BLÁ BLÁ BLÁ.

  • Paulo Mattos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A bem da verdade Jayme Campos nunca foi simpático a Blairo Maggi e vice versa. Todos sabem que o senador nunca engoliu a turma da botina, mais especificamente seu líder maior, Blairo Maggi, e, entre seus amigos e seguidores, sempre destilou comentários desairosos contra o Governador e sua troupe de imigrantes. O DEM, por sua vez, um partido político fadado ao desaparecimento ante a completa e inequívoca inexpressividade da legenda, deve sim tomar um posicionamento político de impacto, a fim de que, nas próximas eleições, consiga, pelo menos, adiar por completo o seu falecimento já devidamente prognosticado pelo povo brasileiro. Dai a insurgência de Jayme Campos, também fragilizado politicamente, assim como o próprio Governador Blairo, pois que ambos não conseguiram eleger seus protegidos nos locais em que pensavam serem os proprietários, resultando num completo enfraquecimento de ambos. Enfraquecimento que, a julgar pelo que se lê neste e demais blog, está muito difícil de superar.

  • Alcione de Matos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    EU TO LOUCO PRO DEMOCRATAS SE DESINCOMPATIBILIZAR COM O GOVERNADOR BLAIRO MAGGI E DAÍ MAGGI PROIBIR DALDEGAN DE ATENDER O DILCEU DAL BOSCO COM SEUS PROJETOS NA SEMA. VAI SER O MÁXIMO.

  • Mauro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vote! e ai Brairo? o que cossê diz dessas notícias do diario do povo? CHIH....!!!!!!!........

  • vicente | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eu gostaria de saber apenas quando é que o seu Gilmar foge fege da Justiça vai perder o cargo até quando vai ficar essa enrolação. Como ficou último julgamento que seria a uma duas semanas atraz - não houve divulgação nenhuma podem me dizer.

  • Joaquim | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A manchete está falha no número de caros do DEM no governo atual. Só como exemplo na autarquia EMPAER o DEM tem 160 (Centro e sessenta cargos comissionados) incluindo o Presidente Leoncio, O Diretor Técnico Antonimar e o diretor de operações Jaime Bom Despacho, como também os chefes de escritórios locais em todos os municipios 141 (centoe quqrenta e um municipios) . Vejam só isso é só na EMPAER e nos outros órgãos? Por isso acho que o Senador Jaime Campos está blefando é truco...vale seis...vale mil ,..etc. etc. etc

  • Marcia França de Oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Completando o raciocício da leitora anterior. Seria realmente magnífico Daldegand deixasse de depachar com Dilceu, e o superintendente de fiscalização parasse de despachar com Campos Neto e Jaime Campos.

    Um certo servidor da SEMA foi rifado por ter preparado uma operação para fiscalizar uma fazenda de Jaime que fica em Juruena, pertencente a regional de Aripuanã.

    Dá uma pesquisada no assunto. Vai sair muita coisa enterrada!

  • Gilmar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Em breve, o DEM corre o risco de não lotar uma kombi o DEM administra a Empaer e a gestão um caos,estão defendendo o carguinho.