• BARBARA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Caro senhor Silvio, quando se fala de provas,o vereador ALCI SILVA tem, pode ter certeza q ele tem!!!!Pois o q deixa transparecer q o senhor tem alguma coisa no casa PLANTÃO, e no caso dos 40 mil lts de gasolina (num carro estragado). Como vc pode se explicar essa ofensiva contra o ver.ALCI SILVA q só está querendo mostrar a verdade sobre esses falsos honestos da política cacerense q pensa em destruir o próximo p/ serem eleitos de qualquer forma.

  • Romualdo Kleim | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Essa notícia até parece brincadeira. Desafio qualquer cidadão mato-grossense a fazer um balanço das seções nas câmaras municipais de suas cidades. Além da votação da LDO, da LOA e dos remendos orçamentários durante o ano todo praticamente não se faz nada mais de prático.
    É isso! Os caras ficam enchendo linguiça o ano inteiro. Votar o orçamento é obrigação até prá garantir o duodécimo, mas nem isso se faz direito pq tanto a LDO como a LOA passa direto com poucas emendas...não se entra no mérito.
    Fiscalizar então, só quando interessa, dá mídia, tem interesse financeiro ou eleitoral...
    ressalvada as excessões de praxe.
    O Tal orçamento impositivo até poderia mudar alguma coisa, mas seria mesmo mais um remendo numa roupa velha

  • Carmem Gomes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Conheço o Ver. Alcy, sempre foi uma pessoa honesta, um lutador, buscando sempre o melhor para sua cidade, por isso Alcy, fale mesmo, não deixe que esses, que se auto intitulam de honestos, joguem o nome de Caceres em nível nacional na lama.
    Todos os dias agora Cáceres, nos jornais de Cuiabá virou alvo, e olha vou lhe dizer uma coisa, vc não pd abaixar a cabeça, espero ver o combativo Alcy Silva na luta.

  • Mossueto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Os caras passaram o mandato inteiro votando titulo de cidadania cacerense a personalidades que por aqui passaram e que simplesmente cumpriam o seu dever sem nenhuma necessidade de estar recebendo titulo de cidadania. Trabalhar que é bom cadê,devolvendo dinheiro ao executivo na esperança de transforma-lo em votos, não é sr. presidente? Voce não dizia que a população tem memória curta e os ultimos atos é que ficam? Como voce vê a sua filosofia hoje? Depois ficam revoltadinhos, rebentando tudo, responsabilizando autoridade por ter sido pego pela vassoura dos eleitores, mas fazer o que? Passaram 4 anos enfiando flautulências no cordão e ainda tem a cara-de-pau de pedir mais 4 anos, claro que os patrões iriam negar e a vassoura só não foi 100% por que a justiça antecipou a degola, cassando os infiés,(excessão a Leomar) e ja fica aqui o alerta para os tapa-buracos (Salvador; Usias, Frank;irmã Rosemar que beliscou uns dias) que só não foram varridos por que a população queria os titulares, e não voces, mas daqui a 4 anos podemos varre-los, se copiarem os atos dos seus antecesores, o futuro prefeito TULIO,vai precisar de uma camara coesa em torno dos interesses de Cáceres e se não for assim, com certeza serão varridos dessa casa de leis.

  • Mossueto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Caro editor, gostaria de saber porque os meus comentários de um certo tempo para cá não são editados nem mesmo vetados. Ontem 23 por volta das 23:00 hs fiz um comentário sobre uma matéria da minha cidade e não saiu, acredito que sou coerente e uso uma linguagem compatível.

    Abraços