• ray | Sexta-Feira, 12 de Julho de 2019, 09h01
    8
    1

    Parabéns Vereador Toninho! O ser humano tem que aprender a respeitar a opniao alheia. Concordo com o senhor, ser preso por chamar a pessoa pelo nome de batismo e não pelo nome social e uma arbitrariedade que querem nos impor.

  • Benedita da Silva | Sexta-Feira, 12 de Julho de 2019, 01h17
    5
    1

    Eu até hoje acreditava que a lei maior de um vereador fosse a Constituição. Biblia, Talmud, Cabala, Torah sao dogmas religiosos, mas se Deus nos ensinou a amar o proximo como a ti mesma, nao vejo problema nenhum em cada um adotar o nome social que quiser. Se a Constituição garante a lei maior prevalece.

  • Frank Sabiá | Quinta-Feira, 11 de Julho de 2019, 15h58
    9
    4

    Tá cada dia mais complicado ser contra alguma coisa, depois que Inventaram o "Políticamente correto", nem liberdade para Uma Piada tá sendo possível. Tá Difícil !

  • jj | Quinta-Feira, 11 de Julho de 2019, 14h28
    10
    10

    concordo com vc. toninho, sabemos que a maior Lei é a Bíblia, só que infelizmente o ser humano deixou de lado, na Lei de Deus, todos nos sabemos homem com mulher e mulher com homem, e nome é um só, é aquele que seus mais colocam com tanto orgulho, agora quem quer mudar de lado, vai acerta la em cima.