• Cláudia | Quinta-Feira, 26 de Março de 2020, 12h36
    13
    17

    O que esperar de um Governador que veio da classe empresarial??? O favorecimento das Classes dominantes.

  • Regis Santana | Quinta-Feira, 26 de Março de 2020, 12h18
    16
    12

    Com este tipo de decreto o Governador está escolhendo a dedo as empresas que vão sobreviver e as empresas que vão falir. Mauro, pare de ir na onda do Bolzonaro e tenha personalidade. Se quer liberar, então libere tudo e assuma a responsabilidade pela atitude. Agora, não dá pra ficar privilegiando apenas algumas poucas classes econômicas.

  • Marcos Kito | Quinta-Feira, 26 de Março de 2020, 12h16
    13
    2

    Primeiro eu creio q os governadores e prefeitos devam se entender , ficar em casa 100% do setor produtivo , ou vamos morrer do vírus ou vamos morrer de fome , MM faz um decerto e prefeito do interior faz outro proibindo o do governador , liderança zero e ninguém se entende, agora é que foram acordar q fizeram cacá sem planejamento de um negocio que tava rodando desde novembro passado, deixaram um monte de empresários sem perspectiva , demitindo vários e férias coleticvas, vamos demorar 18 meses pra recuperar esses 10 dias de ingerência e falta de planejamento dos 3 poderes em todos estado do Brasil

  • jose | Quinta-Feira, 26 de Março de 2020, 11h51
    8
    14

    qua qua qua Bolsonaro peitou todos sozinho. e estava com a razao KKKKKKKK os que estavam torcendo contra o Brasil quebraram a cara KKKKK a a Grobo kkkkkk

  • Juca | Quinta-Feira, 26 de Março de 2020, 11h50
    7
    13

    Mas os governadores, a mídia do apocalipse, a geração nutella não era contra, mudou de ideia porque? Ah ta, pensando nas próximas eleições pois viu que o presidente tinha razão que as pessoas iriam morrer de fome, já mudou o discurso né, ta certo. Bem que o sikeira disse, politico só pensa nele e no povo quando tem interesse eleitoral. A geração nutella que ta com medo fica em casa ta, não saia de casa ate agosto, o restante da população, o pai de família que não tem salário bancado pelo estado vai trabalhar ganhar o pão do dia a dia pra poder pagar os impostos em dia e manter assim os salários dos políticos e funcionários públicos todo mês, que tanto reclamam em seus apartamentos, no ar condicionado e geladeira cheia.

  • ANDERSON CARDOSO RIBEIRO | Quinta-Feira, 26 de Março de 2020, 11h46
    1
    3

    ANDERSON CARDOSO RIBEIRO, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Juca | Quinta-Feira, 26 de Março de 2020, 11h42
    1
    10

    E ai servidor publico que pede pra todos ficarem em casa, serão solidários agora, ou vão continuar a pensar no próprio umbigo?*********A redução de 30% no salário de servidores federais, estaduais e municipais seria suficiente para bancar um programa de renda mínima para 55 milhões de brasileiros. É o que conclui estudo do economista Matheus Garcia, associado do Movimento Livres, que tem entre os integrantes economistas de viés liberal como a ex-diretora do BNDES Elena Landau e o ex-presidente do Banco Central Pérsio Arida. A ideia é sugerir um programa que ampare a população que vai ficar sem renda com a pandemia do coronavírus, mas que tenha o menor impacto fiscal possível. "Nossa ideia é mostrar que dá para fazer um programa de renda básica, mas alguém tem que pagar. Viemos de uma situação fiscal difícil, a ideia é mostrar alternativas para o país não sair tão fragilizado dessa crise", afirmou.

  • rafael | Quinta-Feira, 26 de Março de 2020, 11h21
    17
    3

    TEM UTI para os ricos, libera logo tudo

  • Viviane Maria Tonhá Cardoso | Quinta-Feira, 26 de Março de 2020, 11h18
    7
    14

    PARABENS GOVERNADOR MAURO. SAUDE E PAZ PRA TODOS NOS.

  • Mano Véio | Quinta-Feira, 26 de Março de 2020, 11h11
    13
    3

    Digite o texto aquiEsse MM é surfista. Só vai na onda. Nesse caso especificamente, de acordo com o presidente, viu se que o certo seria seguir nessa direção, porém na carta pedindo os perdãos fiscais e de dívidas do estado, o Sr foi signatário. O terrorismo ao servidor permanece. Obras públicas que é bom, nenhuma se iniciou, de sua autoria é claro. Portanto marajá, reaveja logo seu tinguá investido em campanhas, pois ficarás queimado igual Pedrinho malvadeza e não ganharás nada mais a cunho eletivo.