• Luciana Araújo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Expressão Política, é isso que o Mato Grosso precisa, e se hoje é cogitada esta opção, temos que apoiar, acreditar, eu particularmente acredito que o Pagot no DNIT representará muito bem nosso estado. Mato Grosso precisa sair do anonimato, ser reconhecido apenas pelas riquezas naturais, precisamos projeção política, de pessoas que esteja nos representando e mostrando todo potencial que nosso estado possui.

  • francisco alencar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    "Como eu adoro campanha, independente se é para Câmara Municipal, Senado, Síndico de Condomínio, não importa, é campanha?, estou dentro (...)" Adriana Vandoni - 23/05/07 - Blog Politica e Prosa.
    A afirmação acima demonstra o carater da tucana Adriana Vandoni, uma das pessoas que se diz matogrossense e que junto com Antero Paes de Barros desenvolve uma campanha sórdida contra a nomeação do também matogrossense Luiz Antonio Pagot para o DNIT.
    Para ela não importa que nosso estado perca a oportunidade de ter uma representação em nivel nacional, não importa que a indicação de Pagot para o DNIT resulte em melhorias paras nossas estradas, para ela o mais importante é a campanha em si, mesma que seja uma campanha difamatória.
    A população de Mato Grosso na hora das eleições temos que nos lembrar destes nomes (Adriana Vandoni e Antero Paes de Barros) que só pensam em campanhas.

  • wilma ribeiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O que eu estou vendo diante desses comentários são pessoas ligadas ao pagot tentando defende-lo, mas defender pq será já que o que ele fez (enquanto servidor público, exerce função em uma empresa privada ao mesmo), o que é proibido no estatuto do servidor, "não é nada", pq a ira, raiva, inconformaçao...E o pior ainda é ele querer culpar um terceiro caso ele não seja indicado, vcs me desculpem mas inventem outra pq essa não cola.
    Mas como no governo lula a gte viu de tudo, mais um na lista não é nada né povo.

  • Michel Andrade | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Feliz o comentário do internauta Fran (acima)a respeito da enquete sobre o ex-secretário, Luiz Antonio Pagot para o Dnit. Além disso, ele retratou exatamente quem são esses dois: Medíocridades. A medíocre, colunista Andriana Vandoni e do "geneticamente honesto" Antero Paes de Barros (Secomgate). São dois frustrados que deveriam torcer pelo estado de Mato Grosso, vivem trabalhando contra. Só pode ser por inveja, não tem outra explicação.

  • claudete | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Olha falar do sr. Pagot, é uma honra ele é uma pessoa sábia....Ele foi o primeiro secretario de Educação que ao sair, foi aplaudido por todos os funcionários, que sentiram muito com sua saida ....pois sabiam que ali tinha sim ou não...... Pagot é um homem de um coração enorme ......e justo não se corronpe e não é estrela ....não tenho duvida nenhuma que será um exelente Diretor.... alias o Melhor...................