• Borges | Quarta-Feira, 20 de Janeiro de 2010, 11h33
    0
    0

    Vergonha!!Blairo perdeu meu voto.Meu pai do Ceu quanto regalias a Ex.Quantos salarios de aposentadorias e pensoes!Fico triste e indgnado ao ver tantas extravagancias com meu suado dinheirinho pago nos impostos.Enquanto isso,o povo paga o Ipva mais caro do pais,luz eletrica mais cara do pais,tem um dos custos de vida mais alto do pais...mas também,bancando tantas regalias de tantos ex-alguma coisa...

  • Julio José de Campos | Quarta-Feira, 20 de Janeiro de 2010, 11h32
    0
    0

    Não é verdade,que tenho seguranças pagos pelo Governo do Estado de Mato Grosso,á minha disposição.O cabo Santos,e o Tenente Delcy,que trabalham comigo,estão REFORMADOS,OU SEJA aposentados há mais de 15 anos,pois cumpriram o seu tempo de serviço,e de idade no serviço ativo da nossa Gloriosa Policia Militar de MT. Pela inatividade eles recebem salários, e como meus auxiliares recebem uma gratificação pessoal da minha parte.Hoje,depois de 28 anos de convivencia,e lealdade,já são considerados amigos e membros da familia.Não sou contra da Lei Estadual que dá esse direito ao ex-Governador que deixar o cargo,pois entendo que o cidadão que serviu ao povo Matogrossense,como seu Governador,após concluir seu mandato,principalmente nos primeiros anos,tem que ter a proteção do Estado,pois no exercicio do cargo ele se responsabiliza por ato e fatos que podem-lhe trazer consequencias(até mesmo risco de vida)após deixar as funções.O Governo Federal já dá essas garantias de seguranças aos ex-Presidentes para o resto da vida, aos ex-Governadores a Assembleia Legislativa de MT assegurou apenas pelo anos que o mesmo exerceu o cargo.Quando deixei o mandato de Governador ,fui eleito deputado federal constituinte(1987-1991)e baseado em Decreto Estadual,o parlamentar federal pode requisitar a disponibilidade de 4 servidores publicos efetivos do estado,para servir ao seu Gabinete,e isso eu o fiz,dentro da Legislação em vigor na epóca.Portanto queira retificar essa informação,pois os dois militares aposentados que prestam serviços a mim e a minha familia, são pagos por mim há mais muitos anos.Acho,e entendo que o Sr.Governador Blairo Maggi,tem sim que ter a segurança pessoal sob responsabilidade do Estado.

  • BENTO O VAMPIRO BRASILEIRO | Quarta-Feira, 20 de Janeiro de 2010, 11h05
    0
    0

    tão esquecendo do jaime? ou esse esquecimento é de proposito?

  • FLAVIO SOARES | Quarta-Feira, 20 de Janeiro de 2010, 10h35
    0
    0

    Muinto bem governador agora o senhor tenta se justificar, falando que isso existia mas não era dentro da lei, ai vem o senhor e regulamenta a falcatrua toda. O Governado Blairo Magi sabendo de tal fato deveria sim impedir esse tipo de segurança pessoal, tendo em vista que os policiais são funcionarios do Estado de Mato Grosso e não dos politicos, mas não foi la e aprovou essa lei. Será que os deputados os vereadores os prefeitos não querem também um segurança particular, se quiser é so pedir.

  • arnoldo | Quarta-Feira, 20 de Janeiro de 2010, 10h20
    0
    0

    Acho normal ter proteção quem serviu o estado por 2 mandatos.. pelo menos justo.

  • Judas Cacerense | Quarta-Feira, 20 de Janeiro de 2010, 09h28
    0
    0

    isso é uma vergonha para o nosso Estado, pois é dinheiro público, e não é justificavel tal abuso com o dinheiro público, pois quem paga o preço é a população. Em relação a umas das justificativas em que a lei esclarece, que o Governador disse não a muitos setores e questão de fiscalização ferrenha e assim, pode haver retalhação, isso não é justificavel, pois senão, o Judiciário, teria que dar segurança policial aos Juizes e Promotores que analisam e julgam os processos contra criminosos em Mato Grosso. E se a moda pega, então Prefeitos e Vereadores podem gozar do mesmo direito? O POVO ESTA DE OLHO NOS ACONTECIMENTOS!

  • Paulo Cezar | Quarta-Feira, 20 de Janeiro de 2010, 09h23
    0
    0

    Paulo Cezar, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • João Severino | Quarta-Feira, 20 de Janeiro de 2010, 09h20
    0
    0

    Se Júlio, Dante, Thelma e Bezerra possuem PM´s há mais de 20 anos a sua disposição... considere-se esses 6 anos do Maggi em pelo menos mais 14 anos. Alguém tem alguma dúvida que esses 06 "abençoados" não voltam mais pra PM???? Enquanto isso os escravizados e "desaportunizados" soam camisa e doam o sangue literalmente para conseguir dar segurança a população. Vergonhoso!!!