• Hosana Delfini | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ESTÁ NA CARA QUE A TV DO DEP. WELINGTON NÃO MANTERIA ISENÇÃO PARTIDÁRIA.
    GENTE... O DONO DA EMPRESA É PAI DO VICE-BOY... SÓ ELES PARA ACREDITAREM QUE O DEBATE NÃO IA TER O DEDO DA TURMA DA BOTINA.
    AGUARDEM O ZÉ CARLOS NUM PRÓXIMO DEBATE ( numa emissora isenta de partido)

  • Maria luiza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Desculpe deputado, mas esta não colou. A sociedade tem o direito de ouvir suas propostas. O fato da TV ter ligação com um empresario que esta na coligação de oposição n tem nada a ver, quem tem boas propostas participa encara responde as perguntas do povo.

  • Cesar de oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    HAJA CARA DE PAU!

    Aguenta seaquethi! O Zé do Pátio não correu do debate, correu da arapuca armada pelo senhor e pelo seu novo aliado Welligthon Fagundes, cuja empresa Agroboi, embrião do império, o senhor foi buscar o verdadeiro dono, digo laranja, no cemitério de Alto Coité.

    Já que o sr. escolheu o filho do Deputado, digo pequeno prícipe Antonio João para vice-boy, deveria aproveitar esses debates para explicar para a população porque agora esqueceu do famoso dossiê de 2004, apresentado pelo Sr. contra o Dep. Welligthon, com o qual o Sr. agora vive aos beijos e abraços, transformado-o no melhor homem do mundo.

    Será que o sr. acha que o povo é bobo? Nós sabemos que por trás dessa aliança existem coisas.

  • Maria Luiza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Acho que o zé do patio n tem muito argumento pra explicar a ausencia dele no debate. E quanto aos recursos serem federais, são sim e sempre estiveram a disposição, não foram atras pq n tinham interesse e outra todo recurso federal tem uma contra partida do municipio, ta ai a sua resposta! É só olhar e perceber onde entram os recursos proprios do municipio. perceba a diverença a turma da butina faz, vai atras e não ficam pensando ai meu Deus n vou no debate pq a tv é do Wellington, assume n vou a tv pq n tenho argumentos contra a adm do sachetti, sou fraco diante do conhecimento tecnico dele.

  • BARBOSA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Senhores Rondonopolitanos, é preciso analisar bem as proprotas, o atual prefeito, fez muito por Rondonópolis, essa turma que está apoiando o Zé do Pátio, é perigosa, leia -se Carlos Gomes Bezerra, Rondonópolis, não anda pra tráz , olha o seu Futuro. Tudo bem , é verdade que a maioria das obras , é do governo Federal e Estadual , mas quem garante se o Zé e turma do bezerro , se assumirem a prefeitura vai investir em obras? O prefeito éu durão assim , porque ele não profissonal em política , mas um excelente administrador , trabalha com a Razão e nao na emoção. cuidado, mas o vote é livre. saudades da minha querida Rondonópolis..............

  • Jordana | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Para quem citou acima que o Sachetti investiu em Educação, agora eu pergunto.
    Será porque os professores do municipio entraram em greve por um periodo tão longo, e foram tão humilhados por esse prefeito? E o acordo que foi feito, será que ele tá cumprindo.

    Olha classe de professores, cuidado! vocês vem sofrendo com a atual administração. Fique de olho.
    Poderá sofrer mais quatro anos.

    Zé, te admiro sempre.

  • sandro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Com este amuleto do azar que é o filho de Wwllington Fagundes, o Adilton Saquet, nao vai a lugar nenhum.
    Quando foi que eles ganharam dentro de rondonopolis?
    Coitado

  • Thâmara | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Muito me espanta o Sr. Adilton Sachetti querer cobrar do Futuro Prefeito Zé Carlos do Pátio a ausência no debate da TV do então Wellington Fagundes. Ele, Sachetti, que na eleição de 2004 não foi nos debates e escondeu da população seu modelo de gestão...Quer dizer, até agora eu estou procurando o administrador, gestor de Rondonópolis. Segundo me consta a Educação está uma decadência, visto as greves realizadas no início do ano pelo professores, que inclusive foram para cuiabá em reuniões e palestras realizadas entre a classe. E a Saúde, onde as pessoas levam 1 ano, quando não mais, para conseguirem fazer exames na rede pública. Quanto a segurança pública não precisamos nem comentar, só ir lá no centro, em frente a rodoviária antiga e ver as esposas dos PMs todas em greve pois não houve acordo com relação ao reajuste salarial. Precisa de mais justificativa Sr. Adilton Sachetti, para que não votemos em vossa pessoa???? Estamos cansados de ver as pessoas a mercê da centralização de poderes. Precisamos da um basta, e para isso acreditarmos em novos gestores.

    Zé do Pátio agora é a sua hora...estou contigo e não abro!!!