• janaina | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ele mantem esposa,filho,cunhado,cunhada,e por ai vai, pq nao foi contra a criação do dia doabraço?pq nao foi contra a criação de segurança pra ex governadores?omissão pra mim é a pior coisa que existe, mais vc só ta colhendo França o que plantou de ruim deixando muitos dos seus verdadeiros amigos no meio do caminho ,.....aqui se faz, aqui se paga..castigo vem a galope com o diabo na garupa...a propósito qual o seu partido suplente de deputado?quem vc ta apoiando para prefeito?OMISSO

  • Mario Q. Neto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    caro Romilson,

    todos os e-mails detonando o deputado Roberto França são de nomes falsos. os nicknames. Bom, parece claro que são os tais assessores juridicos, covardemente se manifestando.
    Concordo com o deputado França, essa assessoria vetar esse projeto, tão útil, é um disserviço a sociedade.
    É isso aí

  • dudu | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    È incrivel a despropensão e despropósito de alguns deputados, todos os projetos devem passar e serem aprovados pela CCJ,isso é normal, para que não se façam leis desprovidas de ingerenciamento jurico.

  • Elis Regina | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Que isso França é bom lembrar que você não está no Palácio Alencastro onde esmurrava a mesa e gritava com seus secretariados essa é uma casa do povo e existe regras. Isso sim é uma verdadeira BOMBA BOMBA BOMBA acorda você é apenas um suplente na ordem do dia....

  • Plinio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Está certo o deputado. É só acessar o site da assembléia e ver que os projetos de diversos deputados que foram aprovados em plenário com parecer de constitucionalidade da assessoria jurídica, foram todos vetados pelo governo por inconstitucionalidade. Digo que 95% desses projetos são reprovados pelo Executivo. Basta acessar a intranet da assembléia e ver na seção vetos.
    Aí fica a pergunta: Porque aprovar os projetos dos deputados considerados influentes na assembléia e rejeitar os dos outros?
    Se tem que haver imparcialidade, tem que ser para todos, e fazer o que realmente manda a lei.
    Prova da parcialidade da assessoria jurídica se verifica claramente nos vetos do governador por inconstitucionalidade.

  • Marcilele Sá | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    QUEM O DEPUTADO SERGIO RICARDO PENSA QUE É?????? O CARA É PRESIDENTE DA AL E FOI ELEITO SECRETARIO, QUERIA SER CANDIDATO A PREFEITO E AGORA QUER SER CANDIDATO A GOVERNADOR, E MAIS ESSA - QUER TB SER CONSELHEIRO DO TRIBUNAL DE CONTAS.

    COM TANTA ARROGÂNCIA E SEDE DE PODER, BARAK OBAMA QUE SE CUIDE.....

    MARCIELE, UNIVERSITÁRIA DE DIREITO - UNIC

  • Joao Assis | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Resumindo foi o sujo falando do mal lavado ele fico mais de 10 min falando a mesma merd.. coisa ne como todo e qualquer politico, ele acusou o que ele mesmo faz, França é Macaco Velho não é nenhum coitadinho. Certo sim que existe panelinhas na AL. Fazer o que né?

  • Gilberto Croos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Francamente cada coisa que temos que aguentar!!!!
    Um Deputado SUPLENTE que não teve capacidade de se eleger, acha que pode mandar e desmandar como se foi um Rei.
    Acorda Roberto França você já era....
    Não foi eleito, vive de favor na Assembléia, agraças ao conchavo com aquele outro que também não faz falta alguma...

    Tenha dignidade e se recolha na sua insignificância, nem partido tem!!!!

    Uma pergunta se existe fidelidade partidária, já que o cargo é do partido, o que faz Roberto França na Assembléia?????????

  • sandro filho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quero parabenizar o De. Roberto França, pelo seu desabafo ba tribuna da AL. Eu quero aqui perguntar a Dep. Riva, sendo ele a maior liderança hoje na política matogrossense, através de seus méritos; porque a AL ainda mantém em seus quadros o Sr. Francisco Monteiro? O Sr. Chico Monteiro, é um cidadão que possui várias aposentadorias como funcionário público, bem como Dep. Estadual (funcionário da Prefeitura de V. Gde, Cbá, etc.. com salários polpudos), só que o ilustre procurador, acha que a AL é dele, trata mau todos os cidadãos comuns que o procura, eu sou prova disse. Baixa a bola Sr. Chico Monteiro, até hoje vc é um cidadão que vive às custas do poder público,ou se preferir às custas das TETAS públicas. Fico no aguardo de sua respósta Dep. Jo´se Geraldo Riva.

  • C.P.G | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    QUERIA Q A TAL MARCIELE TIVESSE MAIS RESPEITO COM O DEPUTADO SERIGO RICARDO.

    ELE PODE SER O QUE QUIZER E DISPUTAR PRO GOVERNO.

    ACHO QUE ELE TEM Q IR MESMO PRO TRIBUNAL DE CONTAS, ALIAS ESSE É O NOSSO PROJETO.