• Jorge Roberto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Blairo mágico além de não cumprir a promessa de acabar com o FETHAB, ainda teve a cara de pau de não reconhecer que`o DANTE, mesmo depois de ter nos deixado ainda garantiu esses investimentos para o governo da Botina.

    E para o Sr. Rui que fez um comentário dizendo que agora os investimentos deste fundo aparecem, não deve ter conhecimento que o Governo Dante arrecadou durante 1 ano....

  • Cuiabano Ligado | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Aos amigos do PSDB QUE ESTÃO RECLAMANDO UMAS PERGUNTAS QUE FAZ 7 ANOS QUE NÃO QUER CALAR!!!!

    DEPOIS QUE O FETHAB COMEÇOU A VALER NO MT, COMEÇOU A ENTRAR MUITO DINHEIRO NOS COFRES PUBLICOS ISSO É VERDADE.

    NO GOVERNO ATUAL FORAM COMPRADOS VARIOS KITS DE MAQUINAS PARA OS MUNICIPIOS COM FETHAB, MUITOS CARROS PARA A POLICIA (a maior da historia), AMBULANCIAS ETC.

    A MAIOR CONTRUÇÃO DA HISTORIA DE CASAS POPULARES E A MAIOR CONSTRUÇÃO DE RODOVIAS TAMBEM DA HISTORIA.

    PERGUNTAS!!!

    1- QUANTAS CASAS O GOVERNO PASSADO CONSTRUIU COM ESSE IMPOSTO????

    2- QUANTOS KM DE ESTRADAS FORAM PAVIMENTADOS??? QUANTOS???

    3- QUANTOS SECRETARIOS FICARAM RICOS????

    4- QUAIS ERAM AS EMPRESAS QUE GANHAVAM AS LICITAÇÕES DE OBRAS (o Avalone era secretario)

    POIS BEM AMIGOS O QUE VCS NÃO PODEM É RECLAMAR DE MAL USO DESSE IMPOSTO PELO ATUAL GOVERNO, FALTA MUITO FALTA!!! MAS FEZ MUITO VCS TEM QUE CONCORDAR, MESMO QUE DOI MUITO EM VCS.

    E QUANDO VCS VIBRAM COM A CORAGEM DO RD NEWS EM CUTUCAR O GOVERNO, É UMA EXCELENTE OPORTUNIDADE PARA NÓS QUE GOSTAMOS DESSE GOVERNO DE FALAR UMAS VERDADES TAMBEM... PARABENS RD NEWS (sou leitor assiduo de vcs)

  • ana maria | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É isso um governo vem trbalha sério o outro
    ´vem depois para criticar e depois recber os louros , esse governo se tem dinheiro em caixa e esta fazendo as estradas ... PARABENIZO mas tem que dar a mão à palmatoria insentando SIM o ex governador DANTE OLIVEIRA que sofreu para colocar o estado MT NO EIXO DO DESENVOLVIMENTO, todos nos devemos olhar um pouco atras e verivicar os avanços na gestaõ DANTE e ver que as calunias a ele atribuidas e nunca provadas dvm pelo menos reconhecer que as idéias e as implantações dos programas de responsabilidades foram melhores contribuições do governo anterior.. Sr romilsom quero aproveitar ainda este espaço para solicitar ao governo que alem do

    asfalto muito bom que leva á BARÃO DE MELGAÇO ele deve cobrar dos adiministradores locais que cuidem da cidade , que hoje recebe muitos turistas
    e não tem nem mesmo uma paisagem do
    porto que ja existia , esta TUDO ACABADO
    feio desmoralizado, ha muitos anos BARÃO VEM SE DEGRADANDO por conta de administrções corruptas que não pensam no povo bom e humilde que la existe , que deveria pelo menos deixar um ambiente mais
    agradavel fazendo da cidade outrora bucolica e simgela hoje esta parendo um

    cemitério uma coisa sem comando sem ordem la não existe PODER PUBLICO essas familias oligarquicas que dominam la ha seculos so levam BÃRÃO ao caos.. e o que dizer da

    SAUDE E EDUCAÇÃO VALHA-ME DEUS

    O POVO DE BARÃO MERECE MAIS EOS VISITANTES TBEM eu diria VISITEM BARÃO TURISTAS mais vamos exigir que as autoridades locais seja menos corruptas e mais atuante.... isso tdo escrevo pois conheço BARAÕ A MAIS DE 40 ANOS E hoje parece bem pior.... é uma pena ...

  • Prof Fernando | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Favor responder:

    1- Dos 2.9 mil km de estrada prontas, quantos km passam em suas propriedades e dos amigos?

    E quero perguntar aos matogrossenses, que vantagem temos com tantos impostos arrecadado, sendo que nossa EDUCAÇÃO (estvemos na ultima avaliação do ENEM média abaixo da nacional) e a SAÚDE, é um fiasco.

    Reflitam e vejam que Mato Grosso RICO; ricos são MEIA DÚZIAS que vivem em MT.

  • Dicão | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quando se fala em carga tributária todos os candidatos têm o mesmo discurso, são favoráveis à redução e até mesmo a extinção.

    Porém quando eleitos, ao ver a facilidade que milhões e milhões de reais engordam os cofres públicos, simplesmente esquecem o discurso.

    Agora temos que ser justos. O governo Dante de Oliveira criou o imposto e o gastou de forma descontrolada tanto é que invés de reduzir a dívida do estado simplesmente contribuiu para que aumentasse ainda mais.

    O governo Blairo não fez o que prometeu, que era acabar com o imposto, entretanto mostra com clareza onde estão sendo gastos todo o dinheiro arrecadado.

    Do primeiro governo ficaram as dívidas, e uma famosa conta num paraíso fiscal com mais de 42 milhões de dólares que a família Dante de Oliveira e a viúva escandalizam para abocanhá-los quando o correto seria voltar para os cofres públicos;

    No segundo governo temos muitas famílias felizes.

    Essas diferenças as vezes amenizam a decepção do povo quanto a continuidade do imposto.