• Rafael | Segunda-Feira, 21 de Setembro de 2020, 12h55
    0
    0

    Era pra jogor ovo podre...

  • alex r | Segunda-Feira, 21 de Setembro de 2020, 12h09
    3
    6

    Caro Joao Mello , verdade mas o senhor sabe o que de fato mantém o Estado de MT? Não é agro, não é indústria e não é serviço privado , sim serviço público e aposentado do segmento e ainda contribui.... Quando digo mantém não é apenas em impostos mas em trabalho e renda, logo se essa grande parcela está contribuindo vc terá dinheiro circulando e familias sendo sustentada por isso , quando o senhor conseguir colocar Mais gente trabalhando para o agro, para a industria e para o serviço em MT o senhor fale tais asneiras . Pq te garanto que em cada família desse estado há alguém que é servidor seja do município, do Estado ou do Governo Federal.

  • Resposta para João Melo | Segunda-Feira, 21 de Setembro de 2020, 11h43
    5
    2

    Atualmente os servidores públicos são caluniados como os vilões do Estado. Contudo, esquecem quem são os verdadeiros vilões que são os políticos que desviam o dinheiro público, seja por paletó, cuecas, meias, caixa de pizza, entre outros... Digo isso pois por ter garantido alguns direitos tive autonomia para dizer diversos CATEGÓRICOS NÃO, mas outros que não tinham as mesmas garantias foram obrigados a faze los sob ameaças... Logo, tem que se analisar os reais motivos por tantos ataques contra os servidores públicos... O próprio Mimistro da Economia defende salário acima do teto constitucional aos cargos de estados... porque será que o cargo dele pode ser acima do excelente? Ele recebe 35 mil reais mais verbas indenizatórias! Logo, hipocrisia!