• Juliano Costa e Silva | Segunda-Feira, 14 de Junho de 2010, 16h31
    0
    0

    O CNJ vai fazer justica, pois essas pessoas, Magistrados, Juizes fizeram que nos Matogrossenses tivesse vergonha de falar que somos daqui. Pagaram tudo pra os Desembargadores, Juizes e seus filhos, noras, genros e dos funcionarios tiraram tudo, pois estes nao tem a protecao divina (Desembargador e Juizes).

  • Joćo | Segunda-Feira, 14 de Junho de 2010, 14h44
    0
    0

    Acima de opiniões manipuladas e de julgamentos das mais diversas instâncias está a consciência. Será que Orlando Perri se tornará o mártir dessa história? O importante é que toda a sua carreira de dedicação e renúncia é um exemplo para quem conhece toda essa história e quer ver a Justiça limpa e imparcial.

  • paulo lima silva | Segunda-Feira, 14 de Junho de 2010, 14h15
    0
    0

    talvez o desembargador perri esteja enganado ou querendo enganar nao sei quem. o relator ives gandra, com base no fato de que a idade foi realmente adulterada, mandou remeter peças para a corregedoria. então, como pode o assunto estar julgado ??