• Nelson Bonfim | Sábado, 09 de Janeiro de 2010, 14h49
    4
    0

    A culpa é de quem coloca a disposição de uma Cidade inteira, apenas 02 PMs de serviço. É assim que tratam a população. São quase 70 minicípios que tem 02 PMs de serviço por dia. Sendo que o correto deveria ser 10 PMs só para o serviço Operacional, excluindo cadeia, fórum..... A improbidade é de quem????? Vai ocorrer muito mais assaltos nessas 70 Cidades, podem esperar, ou em aquelas que tem menos de 10 PMs por dia de serviço.

  • Silva | Sábado, 09 de Janeiro de 2010, 14h36
    2
    0

    Muitos policiais protestam contra as transferências para cidades do interior de Mato Grosso, mas é justa e oportuna a decisão do comando geral ao em enviar mais policiamento porque é cada vez mais comum a onda de crimes onde o efetivo é precário. A partir do momento que se faz o concurso para entrar na polícia deveria deixar bem claro no edital com letras maiúsculas e garrafais, que a pessoa poderá ser transferida para qualquer lugar e também a questão da obediência ao comando, deixando também bem claro as punições no caso de desobediência. Isso para depois evitar algum mal entendido. O interior do Estado está carente de policiamento, não é por acaso que as quadrilhas estão se aproveitado dessa falha.

  • Eder | Sábado, 09 de Janeiro de 2010, 12h45
    2
    0

    É isso que dá colocar a PM pra enfrentar bandido de fuzil 5.56 e 7.62! Nenhum policial vai enfrentá-los de revolver 38 e carabina em punho! As autoridades precisam acordar, estamos em guerra no Brasil, e as vítimas somos nós cidadãos... E na guerra, vence quem é melhor equipado e preparado. Elementar...