• GILSON MENDES | Sexta-Feira, 22 de Janeiro de 2010, 22h58
    0
    0

    Já está na hora da imprensa ficar em cima do muro, sabem que as botinas da turma furou. E agora estão descalços.

  • Servidores do Sistema Prisional de Mato | Sexta-Feira, 22 de Janeiro de 2010, 22h55
    0
    0

    Parabéns pela matéria publica! É fácil aprimorar essa matéria, onde o próprio Governo do Estado tem os dados de estatística da criminalidade de todos os anos para mostrar a sociedade, lógico, que o Governo esconde os dados, omite. Mas se olharmos antes do Governo Blairo Maggi, e compararmos, vamos ver que o Governo Maggi investiu completamente errado na Segurança Pública. Considerando o número populacional em 2001, para as estatística da criminalidade, (assaltos, roubos, seqüestros, assassinatos, latrocínios, fugas de presos em cadeias públicas, ocorrências sobre trafico de drogas, porte de arma ilegal, estupros, estelionatos, corrupção nos setores públicos) para o Governo Maggi desde 2002, vamos ver que todos os investimentos, que devem ultrapassar a ordem de mais de 4 Bilhões de reais, feito pelo Governo Blairo Maggi, não obteve o resultado positivo, dando a sociedade de Mato Grosso, um caos no sistema de segurança, onde a bandidagem comanda dentros das cadeias e fora nas ruas. Vivemos nova era, onde o mau prevalece devido a má aplicação dos recursos públicos, pois não existe projetos no setor de segurança no Estado de Mato Grosso. A Saúde também sofre no mesmo ritmo que a segurança pública, infelizmente, vivemos com a falta administrativa, falta de gestão, falta de projetos que atinjam a finalidade do recurso aplicado. A Segurança e a Saúde, deveria sofrer intervenção, o Ministério Público Estadual deveria acionar o Estado e consumar com Termo de Ajuste e Conduta, enquadrando as prioridades dos investimentos na Saúde e Segurança. Pois o Governo Blairro Maggi não prioriza uma administração correta nesse setor. O Sistema Prisional, tem um déficit de mais de 10 mil vagas, a Policia Judiciaria tem mais de 20 mil mandados para serem cumpridos e não cumpre por não ter onde colocar, a Policia Militar trabalha como escravo e maquina, não desenvolvendo o trabalho a contento, não existe uma Policia de Sistema de Inteligência no Estado, o IML trabalha em déficit de funcionários, os salários são os mais baixos perante outros Estados que valorizam as categorias.

  • Maria Herminiana Gonçalves | Sexta-Feira, 22 de Janeiro de 2010, 22h08
    0
    0

    Parabéns ao Sr. Romilson que produziu uma matéria que atinge todos os cidadãos de Mato Grosso, numa legitima publicação de realidade de dois Sistema Público do Estado que deixam muito a desejar ou mesmo, é inexistente quando o cidadão procura por Segurança Pública no momento do perigo da criminalidade crescente a cada dia, até por que não tendo combate contra a criminalidade por parte do Setor Público, os criminosos tomam conta das ruas e até mesmo, invadem nossas casas. O Governo Blairo Maggi é cumplice do aumento da criminalidade devido sua omissão em investimentos corretos no combate a criminalidade. Já falando da Saúde Pública, vejo que o Governo do Estado é inteiramente incompetente, pois não consegue administrar nem os Hospitais Regionais, a demanda que cresce a cada, nem realizar as prevenções e combater as epidemias que se instala no Estado de Mato Grosso. O Governo Blairo Maggi, abandonou a saúde pública! Os investimentos que fez, que foram montantes em dinheiro significativo, não teve os resultados que a população de Mato Grosso precisava. Por favor Romilson, creio que o teu site ajuda demais os politicos de Mato Grosso a fazer as leituras em que os assuntos são importantes para a população, com isso, peço que matérias como Saúde e Segurança Pública deve ter mais publicação, para assim, alguem perceber realmente a necessidade da população, já que os governantes abandonaram ou nem criaram programas e projetos de investimentos na Saúde e na Segurança Pública de Mato Grosso para os 20 anos. Vejo retrocesso na saúde e na segurança, já teve melhor! Muito melhor!