• Alysson oliveira | Sábado, 09 de Janeiro de 2010, 12h41
    2
    0

    O governo do estado já que não tem capacidade de colocar um grande efetivo de policiais em cada um dos 141 municípios de MT deveria ser mais racional e equipar pelo menos os postos policiais de estradas fazendo com que forme fortazelas no meio das rodovias. ex: se vc vai de Sj do Rio Claro a Nova mutum rodivia MT 235 parece-me que não existe nenhum posto de policia avançado nessa rodovia e há alguns meses tivemos um grande assalto em Lucas. acredito que se o governador criar "grupamentos de fronteira nas rodovias" facilmente esses policiais poderiam dar um grande suporte nas cidades circunvizinhas, além de fiscalizar mais ostensivamente a travesia de drogas pelas estradas de MT. Obs: o Posto da PM em Acorizal está jogado as Traças lá a policia nunca está presente. Obs 2: Para quem já foi para SC em balneário camboriú a PM nas rodovias ficam constantemente com Barricadas e cercas de arame farpado fiscalizando dia e noite drogas e outros entorpecentes nas rodovias, o governador poderia copiar essa idéia lá do sul.

  • Marco | Sábado, 09 de Janeiro de 2010, 09h34
    2
    0

    Romilson. É preocupante! Parece que MT virou terra de ninguém. É tanta gente sem princípios que viramos reféns da própria sorte. De um lado, os bandidos. Dou outro a Polícia cada vez mais corporativista e corrupta. Todas as vezes que precisei da PM não fui atendido, ou fui mal atendido ou queriam suborno. Na última vez precisei ligar no 190 (um domingo de Dezembro, ao meio-dia) a atendente, por sinal muito mal educada, tentou me enrolar e simplesmente não pôde me atender. Tive que resolver o problema por conta própria. Olha a situação que nos encontramos. É, meu amigo... voltamos ao período medieval, onde quem mandava era o rei. À plebe só cabia pagar os impostos.