Judiciário

Quinta-Feira, 19 de Setembro de 2019, 18h:46 | Atualizado: 20/09/2019, 08h:42

A pedido de médica, juiz determina a 3ª perícia sobre atropelamento de verdureiro

Reprodução

acidente verdureiro miguel sutil

Corpo do verdureiro Francisco Lucio Maia foi jogado no canteiro da Miguel Sutil, em Cuiabá

O juiz Flávio Miraglia Fernandes, da 12ª Vara Criminal de Criminal de Cuiabá, determinou que a Politec realize um novo laudo pericial do caso do verdureiro Francisco Lucio Maia, que morreu após ter sido atropelado pela médica Letícia Bortolini, em abril do ano passado. Na decisão, o magistrado ressaltou que o delegado titular da Deletran Christian Cabral solicitou a realização de uma segunda perícia em um órgão "não-oficial", antes mesmo da primeira ficar pronta e ambas foram juntadas ao mesmo ato, o que o juiz considerou como ilegal.

Conforme os autos, a defesa da acusada pediu uma nova perícia realizada por um órgão oficial do Estado ou do Distrito Federal alegando que haviam nuances fáticas e aspetos não explorados nos laudos anteriores. Em sua decisão, o juiz afirmou que, antes da audiência de instrução, as partes podem pedir por perícias complementares e esclarecimentos técnicos para evitar "qualquer forma de surpresa". 

Flávio também observou que, durante fase inquisitorial, o titular da Deletran pediu a primeira perícia no dia 24 de abril de 2018 - realizada pela Politec, e a segunda, também solicitada por Christian, por meio do parecer técnico do acidente de trânsito a Forense Lab Perícias e Consultoria. 

Conforme os autos, a Politec teria analisado quatro DVDs com 24 filmagens registradas em câmeras de segurança de empresas privadas próximas ao local do atropelamento. Porém, o magistrado ressaltou que, consta nos autos do ofício do diretor do órgão um anexo com oito DVDs com arquivos de imagens e vídeos. 

"Logo as bases restaram incoerentes podendo ter comprometido sobremaneira a perícia oficial realizada pela Politec", considerou o juiz em trecho da decisão. 

Como Christian solicitou uma perícia para outro órgão, que não a Politec, o magistrado afirmou que laudos períciais devem ser emitidos por perito oficial, portador de diploma de curso superior. O juiz considerou ainda que a autoridade condutora do inquérito não teve "cuidado necessário" com a "cadeia de custódia da prova". De acordo com a decisão, tal fato afetaria a credibilidade e confiabilidade do conjunto, tornando as provas ilícitas

Reprodução

Let�cia Bortolini

A médica Letícia Bortolini é acusada pelo homícidio do verdureiro Francisco Lucio Maia

Por fim, o magistrado determinou que a elaboração de um novo laudo pericial, contendo as causas do acidente e sua evitabilidade (ou não), seja realizada em um prazo de 15 dias. 

O caso 

De acordo com a Polícia Civil, a médica apresentava sinais de embriaguez, assim como o marido dela, que estava no carro, um Jeep branco, quando teria atropelado o verdureiro no bairro Cidade Alta, em Cuiabá. Ela teia deixado o local do crime sem prestar socorro à vítima, mas acabou sendo presa.

Testemunhas do acidente, indignadas com a ocorrência, perseguiram o carro do casal até um condomínio de classe alta no bairro Jardim Itália, onde tanto a médico quanto o esposo foram presos.

No momento em que foi atingido, o homem empurrava um carrinho com verduras. Ele atravessava a avenida e com o impacto o corpo dele foi lançado sobre o canteiro central. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e constatou o óbito.

Carro em zigue-zague 

O moto-taxista, Bruno Duarte Pereira Lins, testemunhou o atropelamento de Francisco. O relato dele consta em um Boletim de Ocorrência. Na época, ele afirmou que ao seguir Letícia após o atropelamento, percebeu que o veículo dela transitava em zigue-zague e nas curvas chegava a cantar pneu, devido ao excesso de velocidade.

Bruno estava ajudando a vítima a subir com o carrinho de verduras no canteiro central no momento do acidente. Um laudo pericial constatou que a velocidade média de impacto carro era de aproximadamente 103 km/h. Peritos utilizaram dois trechos para estimar a velocidade, definidos por 3 pontos, sendo eles, antes, durante e após o atropelamento.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Thales Marino Fonseca | Sexta-Feira, 20 de Setembro de 2019, 07h35
    4
    1

    Médica, bêbada, atropela e foge do local.....Vc queria ela como sua médica ? E como assim a pedido da médica ? Afffff tenho um inventário rolando a mais anossssssssssssssssssssssssssssssss e se fosse fácil assim chegar no Juíz, já tinha terminado. Mas o que manda é o R$$$$$$$$$$$$$$$$. E pra que tanta perícia ? Bêbada, atropela e não presta socorro, quer mais o quê ? Esse é o Brasil mesmo............

  • Claudio Carvalho | Quinta-Feira, 19 de Setembro de 2019, 21h44
    4
    1

    Será que mais uma vez convenientemente a justiça punirá a vítima??? Por ser pobre, sem sobrenome chique e outras balelas mais??? Quanto será que vale uma sentença que puni a vítima em detrimento de quem tem dinheiro para pagar o preço da liberdade???

  • Leandro Arruda | Quinta-Feira, 19 de Setembro de 2019, 19h18
    6
    2

    Esta tudo encaminhando para no final de tudo isso, a culpa ser do verdureiro, infelizmente. País sem justiça prevalece o crime.

Matéria(s) relacionada(s):

Will sai do PSDB e adere ao Podemos

itamar Will 400   O líder comunitário do bairro Pedro 90 Itamar Will, conhecido por fazer a defesa apaixonada do ex-governador Pedro Taques nos grupos de Whatsapp, apresentou carta de desfiliação do PSDB após 22 anos de militância  e está aderindo ao Podemos. Agora, passa a ser...

Advogado de MT toma posse no CARF

thiago dayan curtinha advogado 400   O advogado Thiago Dayan (foto) tomou posse no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (CARF), em Brasília, na última terça (15). Ele se tornou o único representante de Mato Grosso no Conselho Federal, responsável por julgar decisões de instância administrativa,...

Dutrinha será reinaugurado só em abril

francisco vuolo curtinha 400   Convocado a comparecer nesta quarta à reunião da Comissão de Trabalho, Administração, Serviços e Obras da Câmara Municipal, para explicar sobre a situação do estádio Dutrinha, especialmente em relação ao andamento das obras, o...

Botelho, vaidade e implante capilar

Eduardo Botelho _ 400   Vaidoso, o presidente da AL Eduardo Botelho vai se submeter a um procedimento estético. Se afasta por uma semana para realizar um implante capilar. Bem humorado, anunciou que ficará fora alguns dias para atender pedidos femininos. Depois, disse que vai usar boné e pediu para não ser fotografado...

CPI da Energisa e resultado incerto

elizeu_curtinha_400   O deputado de primeiro mandato Elizeu Nascimento (foto) vai presidir os trabalhos da CPI da Energisa, que realiza a sua primeira reunião nesta 4ª. Thiago Silva, Paulo Araújo e Carlos Avalone vão atuar ativamente nas investigações, sendo membros titulares, mas o resultado ainda é...

Prefeito Pátio tira verba da Santa Casa

jose medeiros 400 curtinha   O ex-senador e deputado federal José Medeiros (foto) reclama da postura oportunista do prefeito Zé do Pátio, de Rondonópolis. Explica que, por meio de emenda de bancada, foram destinados R$ 12,9 milhões para a Santa Casa atender pacientes do SUS da região Sul, compreendendo 20...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O que você acha das denúncias, principalmente sobre pagamento de propina, feitas pelo ex-presidente da AL José Riva, que tenta fechar delação?

São verdadeiras

Nem tudo é verdade

Acho que ele está mentindo

Não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.