Judiciário

Quinta-Feira, 01 de Dezembro de 2016, 19h:02 | Atualizado: 01/12/2016, 21h:02

delação premiada

Alan teria doado R$ 10 mi para campanha tucana; empresário nega

Marcus Batista

Giovani Belatto Guizardi remora.jpg 3.jpg

Giovani uizardi admitiu fazer parte da organização criminosa criada para desviar recursos da Seduc, mas que teria sido introduzido no esquema por Alan Malouf; Giovani diz que também doou R$ 300 mil

O empresário Giovani Guizardi, em acordo de delação premiada, confirmou a criação de uma organização criminosa cuja finalidade seria arrecadar fundos ilícitos para saldar dívidas não declaradas de campanhas eleitorais ocorridas em 2014.

Um dos beneficiados teria sido o governador Pedro Taques (PSDB) que teria recebido R$ 10 milhões em valores não declarados. 

Giovani admitiu fazer parte da organização criminosa investigada na Operação Rêmora, mas que teria sido introduzido no esquema pelo empresário Alan Malouf.

Conforme o depoimento de Guizardi, no final de 2014, o empresário Alan Malouf teria dito a ele que investiu a quantia de R$ 10 milhões na campanha do atual governador.

Ainda segundo trecho, Alan supostamente afirmou que o valor não foi declarado e que teria que recuperar a quantia investida junto ao Estado.

Guizardi confirma ainda ter feito uma doação de R$ 300 mil, possivelmente no segundo semestre do ano de 2014, à campanha de Taques e que o valor foi entregue em espécie nas mãos de Alan.

Ao ser indagado por qual motivo fez a doação de R$ 300 mil, Giovani respondeu que tem o costume de fazer esse tipo de doação para não ter "dificuldades" nas atividades junto ao Governo e que “essa prática é comum entre os empresários”, cita em trecho da delação.

O delator ressalta que chegou a doar R$ 1 milhão, também, à campanha do ex-governador Silval Barbosa. Sobre os R$ 300 mil, não sabe informar se foram declarados. 

O delator confessa que, em março do ano de 2015, procurou Alan Malouf, ocasião em que solicitou que sua empresa Dínamo Construtora pudesse "trabalhar" em obras da Seduc, pois nunca teve obras na construção civil em tal secretaria e que a Seduc, a Sinfra e a Secid são as pastas que têm mais recursos para obras civis.

Na mesma época, e tendo interesse em trabalhar na referida pasta, Malouf supostamente marcou encontro de Guizardi com o então Secretário de Educação Estadual, Permínio Pinto, no Buffet Leila Malouf, de propriedade da família de Alan Malouf.

O encontro teria ocorrido em dia de semana, próximo ao horário de almoço, e estavam presentes apenas Guizardi, Alan e Permínio, quando Alan apresentou um ao outro.

Giovani afirma que se colocou à disposição da Seduc em relação a obras que poderiam ser licitadas e que tinha interesse em concorrer, quando Permínio esclareceu que, naquele momento, os projetos ainda estavam em fase de elaboração e que tinha algumas demandas mais específicas, como por exemplo, a manutenção de prédios escolares.

Giovani foi solto pela juíza da Sétima Vara Criminal, Selma Arruda, que transformou sua prisão em domiciliar, ontem (20) à tarde, com monitoramento de tornozeleira. Ele é considerado “testa de ferro” do esquema que desviou recurso de obras de escolas estaduais, e estava preso desde maio, quando foi deflagrada a operação Rêmora. 

Apontado como líder de esquema na Seduc, Guizardi é solto pela Justiça

No último dia 22, a coluna de Lauro Jardim no jornal O Globo publicou mais uma matéria citando suposto esquema de caixa dois na campanha de Taques, em 2014. A matéria assinada por Guilherme Amado afirma que, conforme delação do ex-secretário da Casa Civil Pedro Nadaf, o empresário mato-grossense Alan Malouf teria intermediado o repasse de R$ 2,5 milhões, a título de propina, para a campanha do então pedetista, Taques, em 2014.

O Globo diz que Malouf intermediou caixa 2 a Taques; empresário nega

Outro lado

A assessoria do governador informou que ele estava reunido com membros da equipe e vai se posicionar sobre o assunto nas próximas horas.

Às 20h13 - Alan Malouf nega ter sido líder de organização criminosa

Em relação às notícias veiculadas nesta quinta (01), referentes às declarações de Giovani Guizardi encaminhadas à imprensa, a assessoria do empresário Alan Malouf esclarece que "mesmo ainda não tendo acesso aos autos, é importante ressaltar que Alan Malouf nunca foi líder de nenhuma organização criminosa".

 Em nota, afirma que a "defesa do empresário vai aguardar ter acesso aos autos para se manifestar de forma transparente, uma vez que considera absurdas as acusações" e reitera, ainda, que "Alan Malouf está à disposição das autoridades competentes para prestar as informações necessárias, acreditando, sempre, na Justiça".

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Felipe Matos | Sexta-Feira, 02 de Dezembro de 2016, 09h37
    0
    0

    Pois é Pedro Taques, o senhor não era o Pai da Ética? O senhor não ia roubar e nem deixar roubar no seu governo? O senhor não era o Professor de Deus? O senhor não demonizou o Silval e o PT, com um discurso de xerife, visando ganhar a eleição? O senhor não pediu o impeachment da Dilma por pedalada fiscal, que todos os presidentes fazem? E agora, por coerência vai pedir o seu próprio impeachment? Ta provado, os mais moralistas, na verdade falsos moralistas são os mais sujos.

  • Paulo | Quinta-Feira, 01 de Dezembro de 2016, 20h53
    4
    0

    KKKKKKKKKKKK. E muitos endeusando o nosso governador. kkkkkk coloquem uma coisa de uma vez por todas na cabeça. TODOS políticos que se elegem gastam milhares de reais para se elegerem. Essa grana não cai do céu e nem é distribuída por papai noel. Sai por aí pedindo R$ 10,00 pra alguem pra ver se vc ganha. Pra político nego doa milhões. Parem de bla, bla,bla a corrupção está na forma como se faz política no nosso país. Ninguém chega ao poder sem ajuda milionária de empresários que depois, lógico vai pedir algo R$ R$ R$ em troca.

  • Anacleto de Campos Miranda | Quinta-Feira, 01 de Dezembro de 2016, 19h16
    0
    0

    Anacleto de Campos Miranda, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

Diversos cortes nas despesas da AL

eduardo botelho curtinha 400   Num período em que o Legislativo praticamente parou, assim como o Judiciário e órgãos vinculados aos Poderes, como TCE e MPE, o presidente da AL, deputado Eduardo Botelho (foto), tomou decisão correta ao cortar gastos enquanto perdurar a pandemia do coronavírus. Entre as...

Governador está tenso e preocupado

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro Mendes anda tenso e preocupado. Mesmo já tendo adotado uma série de medidas de prevenção, inclusive consideradas radicais, ele não dorme direito por causa das projeções nada otimistas de aumento nos próximos dias de casos de coronavírus em...

AL aprovará empréstimo de R$ 550 mi

A Assembleia aprovou, na convocação extraordinária desta sexta (27), dispensa de pauta para a mensagem do Executivo que pede autorização para contrair empréstimo de R$ 550 milhões junto à Caixa Econômica. O recurso será aplicado na construção de pontes de concreto em diversos municípios. Agora, a matéria entra na pauta e será aprovada pela maioria dos deputados na próxima segunda (30),...

Queda nas receitas e o salário regular

emanuel pinheiro 400 curtinha   Prefeitos de um modo geral vão conseguir pagar a folha do funcionalismo de março, na próxima semana, sem tantas dificuldades. Já para abril, a tendência é que passem apurados para manter os vencimentos em dia, por causa do reflexo negativo da pandemia do coronavírus,...

Galvan, afronta à legislação e multa

antonio galvan 400 curtinha   O presidente da Aprosoja-MT, Antônio Galvan (foto), que tentou, mas acabou desistindo da disputa ao Senado, está sempre envolvido em polêmicas, seja nas demandas do agronegócio, seja no cotidiano da política. A mais recente é que ele, juntamente com outros produtores, está...

Destaque nas ações anti-coronavírus

leonardo bortolini leo 400 curtinha   O prefeito de Primavera do Leste Leonardo Bortolin (foto) vem recebendo elogios e ganhou o noticiário nacional por medidas práticas, céleres e seguras no atendimento à população, em meio aos cuidados para prevenção ao coronavírus. Desde a semana...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.