Judiciário

Sábado, 04 de Dezembro de 2010, 11h:53 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:28

JUDICIÁRIO

Anulado processo administrativo no TRE contra ex-juízes do Pleno

Evandro Stábile e Eduardo Jacob   O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) anulou o Processo Administrativo Disciplinar (PAD) que investigava o ex-presidente, desembargador Evandro Stábile, e o ex-membro Eduardo Jacob. Ambos foram afastados dos cargos por determinação do Superior Tribunal de Justiça (STJ) por serem investigados por suposta venda de sentenças. A decisão unânime foi proferida nesta sexta (3).

   Na mesma decisão, o TRE deliberou pelo retorno dos autos à condição de sindicância, sem nenhum prejuízo das provas obtidas durante a investigação e tampouco alteração da atual composição do Pleno. Após notificados os sindicados, será aberto prazo de 15 dias para que apresentem defesa, com amplo conhecimento do inteiro teor das provas colhidas pelo TRE, conforme prevê a legislação em vigor.

   O STJ, o Tribunal de Justiça e o Conselho Nacional de Justiça receberam em junho deste ano ofícios emitidos pelo TRE solicitando o compartilhamento das provas, caso já existissem nas referidas instituições, investigações sobre os fatos apurados na Operação Asafe, desencadeada pela Polícia Federal. Após aberta a sindicância, começou a correr o prazo para que os dois membros da Corte, acusados de corrupção eleitoral, apresentassem a defesa, o que de fato ocorreu, sem prejuízo às partes.

   A defesa de um dos acusados foi apresentada no dia 16 de junho, mesma data em que chegou ao TRE a mídia eletrônica (CD) contendo as provas enviadas pelo STJ, que constam no inquérito referente à Operação Asafe. O outro membro da Corte apresentou sua defesa no dia seguinte, 17 de junho. No momento em que apresentaram a defesa, ambos não haviam sido notificados para tomar conhecimento das provas enviadas pelo STJ. Desta forma, o Pleno do TRE achou por bem corrigir o vício no início do processo administrativo disciplinar, a fim de garantir a ampla defesa e preservar os trabalhos de investigação já realizados. Por força da Lei Orgânica da Magistratura, a investigação tramita em sigilo.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • MANOEL LOURENÇO | Segunda-Feira, 06 de Dezembro de 2010, 14h48
    0
    0

    Viva a justiça brasileira por ser cega e incapaz para manter a moral e o bom costume. Isso ja sabíamos que não daria em nada.

  • clovis | Segunda-Feira, 06 de Dezembro de 2010, 07h27
    0
    0

    é por essas e outra que a sociedade perdeu a credibilidade na justiça, um corparativismo nojento, os paladinos da lêi aprontam e nada acontece com eles, vou voltar para o buraco.

  • SOUSA | Domingo, 05 de Dezembro de 2010, 09h03
    0
    0

    mandar os irmaos metralhas julgarem os seus pares, só dá nisso. é uma vergonha esse stj

  • Paulo Batoré....BARTH.... | Sábado, 04 de Dezembro de 2010, 18h46
    0
    0

    e VIVA O STJ!VIVAAAAAAAAAAA!

  • BETH MACHADO | Sábado, 04 de Dezembro de 2010, 12h25
    0
    0

    Parabéns Dr. Eduardo Jacob, até q enfim o Senhor terá oportunidade de formular sua defesa, conforme os preceitos da Lei . A constituição Federal é para todos,tem que ser respeitada.Abraços

Ex-vereador recua para apoiar primo

divino 400 barra do bugres   Ex-vereador, ex-presidente da Câmara e empresário bem sucedido, Chico Guarnieri (PTB) não será candidato a prefeito de Barra do Bugres nas eleições deste ano. Guarnieri, que disputou a prefeitura em 2016, até ensaiou, mas recuou ao ver que o primo, pedetista Doutor Divino...

3 ex-prefeitos viram cabos eleitorais

percival muniz 400 curtinha   Dois candidatos de oposição em Rondonópolis têm ex-prefeitos como principais cabos eleitorais. O empresário Luiz Fernando, o Luizão (Republicanos), conta com apoio de Adilton Sachetti, que já comandou o município e perdeu na tentativa de reeleição, e...

3 candidatos competitivos em Sinop

roberto dorner 400   Apesar da "inflação" de candidatos a prefeito de Sinop, com cinco no páreo, a disputa tende a se acirrar mesmo entre o empresário Roberto Dorner (foto), do Republicanos e apoiado pela prefeita Rosana Martinelli (PL), o ex-prefeito e deputado Juarez Costa, que atraiu 10 partidos para o palanque, e o...

Ex-prefeito no páreo em Alta Floresta

robson silva 400 curtinha   Alta Floresta, uma das cidades pólos do Nortão, tem sete candidatos a prefeito. Um deles é Robson Silva (foto), empresário, ex-prefeito entre 93 e 96 e que concorre pelo MDB, mesmo partido do prefeito Asiel Bezerra, que está encerrando o segundo mandato e se tornou um dos principais...

Vice sinopense quer retornar à Câmara

gilson de oliveira 400 curtinha   O vice-prefeito de Sinop e apresentador de TV, Gilson de Oliveira (foto), resolveu concorrer a vereador, cadeira já ocupada por ele por dois mandatos, o primeiro pelo PSDB, entre 2005 e 2008, e, depois, pelo PSD (2009/2012). Foi candidato a deputado estadual duas vezes (2006 e 2010) e, como suplente da...

Vice que morreu na praia em Tangará

renato gouveia 400 curtinha   Assim que percebeu que não seria escolhido pelo prefeito Fabio Junqueira (MDB) como o candidato governista na briga pela Prefeitura de Tangará da Serra, ainda em junho, o vice-prefeito Renato Gouveia (foto), do PV, correu para os braços do tucano Vander Masson. Levou com ele uma chapa de 21...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.