Judiciário

Terça-Feira, 11 de Março de 2014, 11h:40 | Atualizado: 12/03/2014, 14h:41

Após arquivamento de processo sobre VLT, Ordem cobra investigação

A OAB vai protocolar até amanhã (12) ofício junto ao Ministério Público Federal solicitando que ele investigue a aplicação dos recursos destinados às obras do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT). A ação acontece após o arquivamento do processo administrativo investigatório instaurado pelo Ministério Público Estadual, que apurava suposto ato de improbidade administrativa por fraude na licitação. A decisão foi tomada pelo Tribunal de Justiça a pedido do próprio MPE por insuficiência de provas.

A OAB, por sua vez, entende que o MPF tem competência para iniciar investigação devido ao fato dos recursos serem provenientes da Caixa Econômica Federal (CEF) e do Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES). Na primeira instituição, o contrato assinado pelo governo do Estado foi de R$ 423 milhões que, inicialmente, haviam sido aprovados para o Bus Rapid Transit (BRT). Já na segunda são R$ 727,9 milhões por meio da CEF. O Estado tem contrapartida de R$ 110 milhões, pagas com desapropriações.

Para o presidente da entidade, Maurício Audi, trata-se de uma provocação ao MPF, pois acredita ser importante dar uma resposta à sociedade sobre o caso. “Não é porque o MPE optou pelo arquivamento do processo que o MPF não possa aprofundar a investigação”, disse ao Rdnews. “Toda a sociedade mato-grossense está preocupada com a aplicação correta dos recursos públicos e com a finalização da obra e a OAB como representante da sociedade não se furtará em cobrar respostas e fiscalizar”, completa.

Destaca que os custos para a execução da obra, a mais cara prevista para a Copa do Mundo, são elevados, daí a necessidade de investigar a aplicação dos recursos. Além disso, ressalta que o posicionamento da Ordem leva em consideração que não se sabe, de fato, quando o VLT ficará pronto e que as frentes de trabalho estão aparentemente paralisadas.   

Audi pontua ainda que a denúncia feita pelo jornalista do Portal UOL, Vinícius Segalla, é séria e gravíssima. O repórter denunciou que membros do governo teriam recebido R$ 80 milhões de propina para fraudar o processo licitatório do VLT. A informação teria sido dada pelo então assessor especial do vice-governador Chico Daltro (PSD), Rowles Magalhães, que durante a apuração dos fatos, negou a versão apresentada por Segalla. (Com Assessoria)

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Narciso Lirio | Quarta-Feira, 12 de Março de 2014, 12h53
    0
    0

    A foto da matéria ilustra muito bem o nosso VLT (veículo lento sobre trilhos): só no empurrão prá andar.

  • Elifas Jose Ribeiro Ribeiro Ribeiro | Quarta-Feira, 12 de Março de 2014, 09h28
    0
    0

    Que vergonha hein!!! Ah!! É que voces dependem de repasses do governo,pois nunca vi empregado investigar patrào....faz sentido.Esse arquivamento me fez lembrar do DIAS TOFOLLI, ROSA WEBER,RICARDO LEWANDOSKI,TEORI ZAWASQUI,ROBERTO BARROSO

Acerto pra Pivetta se filiar ao Podemos

alvaro dias curtinha   Mais uma demonstração de que o senador Álvaro Dias (foto), líder do Podemos no Congresso, está ignorando a pré-candidatura ao Senado do seu próprio colega de partido, deputado José Medeiros. Álvaro já acertou com Pivetta apoio na disputa à...

Critério para definir candidatura em VG

fabio tardin 400 curtinha   O presidente da Câmara de Várzea Grande e filiado ao DEM, Fabinho Tardin (foto), sonha com a cadeira de prefeito, mas não tem apoio dos Campos para concorrer à sucessão municipal. Como Lucimar Campos não pode buscar o terceiro mandato seguidamente, o grupo liderado pelo senador...

Prefeito de Lacerda, projeto e derrota

alcino curtinha 400 pontes e lacerda   O prefeito de Pontes e Lacerda, Alcino Pereira Barcelos (foto), resolveu dar de ombro para a Câmara Municipal sobre um projeto de grande alcance social e perdeu feio na queda-de-braço. Contrariando a vontade do prefeito, os vereadores aprovaram a proposta, apresentada pelos colegas Pedro Vieira e...

MPE antes e depois de Maluf no TCE

jose antonio borges 400 curtinha   Antes, membros do MPE fizeram esforço para impedir a nomeação de Guilherme Maluf como conselheiro do TCE, sob argumento de que não detinha notório saber jurídico, contábil, econômico e financeiro e ainda carrega vários processos judiciais nos ombros....

Fatura por média e multa à Energisa

thiago 400 ager curtinha   Após fiscalização no 2º semestre do ano passado, a Ager-MT multou em R$ 14,4 milhões a Energisa. Descobriu-se irregularidades na área comercial da concessionária de energia. Thiago Bernardes (foto), coordenador Regulador de Energia da Agência, explica que, no trabalho...

PS-VG e revolta por falta de médicos

marcondes curtinha 400   Principal calcanhar de Aquiles do 2º maior município do Estado, que registra hoje cerca de 200 mil habitantes, o Pronto Socorro de Várzea Grande não está recebendo pacientes ortopédicos e nem ginecológicos em sua porta de entrada. É que a unidade não tem...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Sobre a senadora Selma Arruda, que teve mandato cassado por caixa 2 e abuso de poder econômico, você acha que ela foi...

ingênua

corrupta

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.