Judiciário

Sexta-Feira, 05 de Fevereiro de 2010, 13h:19 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

Ager

Após articulação, Maggi manda adiar audiência pela 2ª vez

   Após articulação de representantes das empresas do transporte intermunicipal, a audiência pública que discutiria a licitação de todas as linhas em Mato Grosso foi adiada pela segunda vez. O embate entre os empresários e a presidente da Ager, Márcia Vandoni, começou depois que ela anunciou licitação para contratar empresas que vão explorar oito regiões. Os empresários reagiram negativamente sob o argumento de que serão prejudicados. Eles argumentam que acumulam dívidas com o Estado e, por isso,  não poderão participar do certame. A preocupação é de que empresas de outros Estados, com mais capital de giro, sejam beneficiadas. Nesta quinta (5), os empresários foram vistos na Assembleia. Eles percorreram gabinetes e saíram satisfeitos com a confirmação de que a audiência seria cancelada.

  Vandoni, por sua vez, contrapõe com o argumento de que cumpre um Termo de Ajustamento de Conduta assinado juntamente com o Ministério Público Estadual e que os contratos não podem ser renovados pelo fato de terem sido firmados antes mesmo da promulgação da Constituição Federal (1988) e da própria lei das Licitações. O movimento contrário à licitação ganha forma porque conta com apoio de deputados. Entre os que defendem os empresários com “unhas e dentes” está o democrata Dilceu Dal Bosco (DEM). Ele chegou até a ameaçar abrir uma CPI na Assembleia para investigar a gestão Márcia Vandoni. Garante ter 12 assinaturas, suficientes para instaurar o processo investigatório.

  O governador Blairo Maggi (PR) se vê acuado. De um lado precisa respeitar o TAC firmado com o MP, mas garantiu aos parlamentares que isto não será feito a toque de caixa. Diante disso, mais uma vez cedeu e autorizou o cancelamento da audiência pública. Antes do evento ele deve se reunir com os empresários e deputados em seu gabinete para ouvir as ponderações de ambos.

  Na oportunidade, Dilceu deve sugerir mais uma vez que os contratos sejam renovados e apenas 200 linhas sejam incluídas na licitação. O assunto ganha mais repercussão porque sem a audiência pública o edital do processo licitatório não pode ser lançado e, como é um ano eleitoral, Maggi precisa decidir o impasse logo ou a “bomba” será repassada para o próximo governador, que será eleito em outubro.

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • José | Segunda-Feira, 08 de Fevereiro de 2010, 10h05
    0
    0

    Olha, até a própria Dilma "é ruim chefe" se rendeu neste fim de semana, através da imprensa, concordando com Delfim Neto que é o empresário que impulsiona a economia do país, descobrindo novos nichos, aumentando a produção, consequentemente aumentando a frente de trabalho, buscando financiamento, correndo os riscos, etc....., por que a Sra. Márcia não ouve os empresários com mais simpatia?

  • Lídia Mara | Domingo, 07 de Fevereiro de 2010, 19h27
    0
    0

    Socorro, socorro, até quando teremos que aguentar um serviço desse em nossa Cidade. Ninguém merece viajar pela tut. Tangará da Serra tem que começar a tocar fogo nestes ônibus. Governador! Olhai por nós. Deputados! Olhai por nós.

  • chacal | Domingo, 07 de Fevereiro de 2010, 13h04
    0
    0

    essa marcia ta precisando cortar o cabelo, pois a franja esta lhe cegando.

  • Paulo Andreotto | Domingo, 07 de Fevereiro de 2010, 11h58
    0
    0

    É bom saber que o candidato ao Senado da mais importância às lamurias dos empresários do que atender a população. A eleição vem aí Governador.

  • Jedae | Sábado, 06 de Fevereiro de 2010, 14h03
    0
    0

    temos que chamar quizinho. Ele sim dai jeito nisso tudo. O quebrador de paradigmas. Esse é meu governador!

  • Eder MT | Sexta-Feira, 05 de Fevereiro de 2010, 22h52
    0
    0

    Esses empresários que tanto reclamam deviam deixar seus carros e andar um pouquinho de ônibus por certas linhas do estado, para que possam ver com seus próprios olhos o que boa parte da população que utiliza esse meio de transporte passa. Overbooking, Onibus velhos e/ou com defeitos, em horários atrasados, atendimento precário ao cliente. Gostaria de conhecer uma linha dessas que os empresários afirma que tudo funciona, porque as que andei até hoje, só Cristo...

  • alice | Sexta-Feira, 05 de Fevereiro de 2010, 18h53
    0
    0

    Que vergonha! Depois do fiasco do concurso agora o governo cancela audiencia de transporte a pedido das empresas. Esse governador e os deputados deviam parar de andar de avião e pegar um busão até Juína.

Jayme incomodado com Flávio em VG

jayme campos 400 curtinha   A candidatura a prefeito de Várzea Grande do empresário Flávio Frical (PSB), principal aposta da oposição, passou a incomodar a família Campos, que apoia o ex-vereador Kalil Baracat, concorrente ao Executivo pelo MDB. Em uma noite que seria de festa, em comemoração...

Acordo com Euclides partiu de Allan

allan kardec 400   Otaviano Pivetta, vice-governador licenciado por 30 dias para cuidar de problemas de saúde, disse que nada tem a ver com o tal acordo "costurado" pelo presidente regional do PDT, deputado Allan Kardec (foto), com Euclides Ribeiro, candidato a senador pelo Avante. Explica que só apresentou Euclides para Allan e...

Família Maia tenta retomar o poder

martha maia 400   O ex-prefeito de Alto Araguaia por quatro vezes, Maia Neto, não entrou na disputa de novo ao Executivo, mas lançou a irmã Martha Maia (foto), cuja filha Sylvia Maia é vereadora. Filiada ao PP, Martha entra como principal candidata da oposição ao prefeito Gustavo Melo, que vai à...

Welinton fará grande ato em Barra

welinton marcos 400 curtinha   Welinton Marcos (foto) lança sua candidatura a prefeito de Barra do Garças, na segunda (28), em um grande ato. Mesmo pelo sistema drive-in, devido à necessidade de adotar medidas sanitárias contra a Covid-19, são esperadas na solenidade cerca de mil pessoas, num espaço amplo,...

Irmão de Riva está na disputa em Juara

priminho riva 400 curtinha   O irmão do ex-deputado José Riva, Priminho Riva (foto), filiado ao PL, será mesmo candidato a prefeito em Juara, posto já ocupado por ele por duas vezes (1997/2004). Priminho pertence a uma famíliade políticos. Além de Riva, que foi prefeito e deputado, é...

PSB deve ficar fora da aliança de EP

max russi curtinha 400   O PSB, presidido pelo deputado Max Russi (foto), pulou mesmo do barco de Emanuel Pinheiro. Deve formalizar apoio à candidatura de Roberto França ao Alencastro. O PSB não consta na lista oficial de siglas que estão com o prefeito, que busca à reeleição. Os 11 que estão...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.