Judiciário

Terça-Feira, 02 de Março de 2010, 23h:33 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

Tribunal de Justiça

Após CNJ, 10 envolvidos em escândalo prestam depoimento

    Os 10 magistrados punidos com a aposentadoria compulsória após o suposto envolvimento no esquema de desvio de dinheiro do Tribunal de Justiça irão prestar depoimento, na próxima semana, no Supremo Tribunal de Justiça (STJ). Os desembargadores José Ferreira Leite, Mariano Travassos e José Tadeu Cury, que faziam parte da cúpula administrativa do TJ na época dos fatos, serão os primeiros a serem ouvidos. Os três irão depor na próxima segunda (8). Em seguida, será a vez dos juízes Marcelo de Souza Barros e Maria Cristina Simões. Já os depoimentos das magistradas Graciema Carvellas e Juanita Clait Duarte serão dia 22. Os demais acusados, juízes Irênio Lima Fernandes, Antonio Horácio da Silva Neto e Marco Aurélio Ferreira, ainda não sabem quando vão depor.

    Na segunda, Ferreira Leite será o primeiro a ser ouvido. Na época dos fatos, ele ocupava a presidência do Tribunal (2003-2005) e teria ordenado o desvio de recursos para a maçonaria, tendo Tadeu Cury como vice-presidente e Travassos, atual presidente afastado do TJ desde o dia 25, no cargo de corregedor-geral de Justiça. Embora a fase dos depoimentos mal tenha começado, o inquérito possui seis volumes e 59 apensos. Entre os documentos constam os enviados pela Polícia Federal e por MPF e MPE.

    As investigações tiveram início em 28 de janeiro de 2008, de maneira sigilosa, pelo STJ. O inquérito foi instaurado a partir da acusação encaminhada pelo então corregedor-geral de Justiça, desembargador Orlando Perri. De lá para cá, o STJ já quebrou o sigilo bancário de todos os envolvidos e a PF cumpriu mandados de busca e apreensão no setor de pagamentos de magistrados no Tribunal. Em vista do escândalo, o CNJ deve inspecionar o TJ ainda este semestre a fim de verificar, entre outras coisas, a regularidade no setor financeiro e se o Tribunal cumpriu as determinações legais para pagar verbas aos magistrados.

    Nova Eleição

   O novo presidente do Tribunal deveria ser escolhido em sessão marcada para esta quarta (3). Cogitados para assumir o cargo, os desembargadores Paulo Cunha e Jurandir Lima são rejeitados pelos demais magistrados. Cunha, que é o atual vice-presidente, pode vir a perder votos por simbolizar a continuidade da gestão Travassos. Já Lima responde a procedimento disciplinar no CNJ por nepotismo e tem julgamento marcado para a próxima terça (9). Diante disso, o nome mais cotado passou a ser o do desembargador José Silvério.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Jone | Quarta-Feira, 03 de Março de 2010, 11h57
    0
    0

    "PROCUREM SABER DE ONDE VEIO O DINHEIRO DA CONSTRUÇÃO DA SEDE DA MAÇONARIA Á QUAL ESTES SEMI-DEUSES SÃO FILIADOS"... Descobriu o Brasil hein...

  • roberto | Quarta-Feira, 03 de Março de 2010, 11h24
    0
    0

    voce acha que a maçonaria nao tem codiçoes de construir um predio daquele? pois nao vai fazer rifas, almoços beneficentes de baixo de sol quente pra ver . foi tudo isso foi feito um pouco de suor de cada um pra conseguir tudo pra ter um pouco de conforto la na frente . e vem gente falar que a construçao vei de dinheiro roubado , para com isso nao sabe nem da historia da maçonaria. ela

  • SOUSA | Quarta-Feira, 03 de Março de 2010, 10h18
    0
    0

    NOSSO CÓDIGO PENAL NÃO TEM DEFEITOS....NOSSA CONSTITUIÇÃO FOI FEITA PRA TODOS ( ? ). ENTÃO PORQUE ESTES JUIZES E DESENBARGADORES QUE COMETERAM CRIMES DE DESVIO DE DINHEIRO PÚBKICO, RECEBEM COMO PENA A "PENOSA" PUNIÇÃO DE APOSENTADORIA? é uma piada de mal gosto. de falta de vergonha na cara de quem as deu. tudo farinha do mesmo saco. saco podre, diga-se de passagem! será que outro funcionário público que desviar dinheiro público terá este mesmo "castigo"?. SENHORES DONOS DESTE RDNEWS, PROCUREM SABER DE ONDE VEIO O DINHEIRO DA CONSTRUÇÃO DA SEDE DA MAÇONARIA Á QUAL ESTES SEMI-DEUSES SÃO FILIADOS. ACREDITO QUE TEM CAROÇO NESTE ANGÚ.

Mauro e vitórias na briga de decretos

mauro mendes 400 A estratégia do governador Mauro Mendes (foto) de articular com os Poderes a edição do decreto de toque de recolher vem dando frutos. O governo publicou decreto impondo toque de recolher das 21h às 5h, com fechamento do comércio às 19h. O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, discordou e fez...

Prefeito é intubado e pode ir para SP

Prefeito de Tapurah Carlos Alberto Capeletti   É grave o quadro de saúde do prefeito de Tapurah (432 km de Cuiabá), Carlos Alberto Capeletti (PSD). Após piora, ele precisou ser intubado nesta quinta (4). Foi internado na terça (2), após testar positivo para Covid-19, em uma UTI no Hospital 13 de Maio, em...

Setasc doou 330 mil cestas básícas

Rosamaria 400 curtinha   A Secretaria Estadual de Assistência Social e Cidadania (Setasc), sob Rosamaria de Carvalho (foto), já entregou mais de 330 mil cestas básicas desde o inicio da pandemia, sendo 110 mil em Cuiabá e Várzea Grande. E como assistência social foi considerada como serviço essencial,...

Interinos ficam sem cargos no TCE

jose carlos novelli 400 curtinha   Com o retorno dos conselheiros do TCE, Antonio Joaquim e José Carlos Novelli (foto), dois substitutos perderam os postos não apenas nas relatorias, como também ficam sem os cargos na gestão. É o caso de Isaías Lopes da Cunha, que deixou de ser ouvidor-geral, sendo...

MT perde José Afonso Portocarrero

portocarrero-400   Morreu nessa quarta  (3), aos 93 anos, José Afonso Portocarrero (foto). O ex-presidente dos extintos  Banco do Estado de Mato Grosso (Bemat)  e Loteria do Estado de Mato Grosso (Lemat)  morreu de causas naturais. Viúvo, deixa quatro filhos.  Na vida profissional, foi o responsável...

Secretários filiados e sem pretensões

Beto 2x1 400 curtinha   Presidente do DEM em Cuiabá, o secretário estadual de Cultura, Esporte e Lazer, Alberto Machado, o Beto 2 x 1 (foto), disse, em visita ao Rdnews, quando concedeu entrevista à tvweb RDTV, que alguns colegas secretários estão filiados ao partido, mas isso não significa que eles...