Judiciário

Segunda-Feira, 10 de Fevereiro de 2020, 17h:35 | Atualizado: 11/02/2020, 11h:54

CHURRASCARIA E RODÍZIO

Boi Grill terá de pagar multa de R$ 1,1 mi por descumprir contrato com concorrente

Reprodução

Boi Grill

Fachada da Boi Grill Meat Club, no Parque das Águas; churrascaria deve pagar multa de R$ 1,1 mi e não se entitular como churrascaria e rodízio

O juiz Jorge Alexandre Martins Ferreira, da 3ª Vara Cível de Cuiabá, determinou que a Boi Grill Meat Club suspenda imediatamente as atividades comerciais após descumprir um contrato de compra e venda de fundo de comércio realizado com o grupo Prezotto, responsável pelas churrascaria Nativas Grill, Favo de Mel e Aeroporto Grill. Conforme o advogado dos empresários, Márcio Faleiro, a negociação impede a Boi Grill de realizar a venda de churrasco no espeto em rodízios. 

De acordo com a determinação, a Boi Grill, que funcionava na avenida Miguel Sutil, descumpriu acordo com o grupo Prezotto, e deverá pagar uma multa no valor de R$ 1,1 milhão e suspender as atividades que façam concorrência, imediatamente. A reportagem do entrou em contato com o restaurante, mas não obteve resposta até a publicação. 

Segundo o processo, os advogados do grupo alegaram que a Boi Grill se comprometeu a não utilizar a denominação "churrascaria" ou "rodízio" durante o prazo de sete anos e seis meses, mediante multa de 30% do valor de compra, referente a R$ 2,220 milhões. 

Ao aceitar o pedido do grupo Prezotto, o juiz explicou que tal medida é concedida quando houver elementos que evidenciem a probabilidade do direito e o perigo de dano ou o risco ao resultado útil do processo. 

O magistrado também levou em consideração fotos, vídeos e áudios que comprovaram que a Boi Grill estaria descumprindo com o contrato pactuado com o grupo. Foi imposta uma multa diária de R$ 5 mil, com limite de R$ 100 mil, caso a determinação judicial e o pagamento não seja cumprido. A dívida deve ser paga no prazo de três dias.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Vice e o uso político do Creci pró-Julio

claudecir 400 creci curtinha   O sindicato dos profissionais do Mercado Imobiliário de Mato Grosso, sob Juliano Lobato, em nota de repúdio, detona o atual vice-presidente do Creci-MT, Claudecir Contreiras (foto), para quem está fazendo uso político da entidade e beneficiando, de forma descarada, o...

Toninho e expectativa de retorno à AL

toninho 400 curtinha   Toninho de Souza, que no ano passado estreou como deputado, permanecendo no cargo por 46 dias, no lugar de Eduardo Botelho, vive expectativa de retornar à cadeira na Assembleia. Mas isso vai depender de uma decisão de Janaína Riva, que está no quarto mês de gravidez. Ela tem...

Parlamentar temido reassume em VG

caio cordeiro 400 curtinha   Com menos de 15 dias no cargo de vereador em Várzea Grande, o primeiro-suplente Caio Cordeiro (foto), do PRP, já terá de desocupar a vaga. Eis que está de volta, da prisão para retomar o assento de parlamentar, Jânio Calistro, que está no segundo mandato e responde...

Diversos cortes nas despesas da AL

eduardo botelho curtinha 400   Num período em que o Legislativo praticamente parou, assim como o Judiciário e órgãos vinculados aos Poderes, como TCE e MPE, o presidente da AL, deputado Eduardo Botelho (foto), tomou decisão correta ao cortar gastos enquanto perdurar a pandemia do coronavírus. Entre as...

Governador está tenso e preocupado

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro Mendes anda tenso e preocupado. Mesmo já tendo adotado uma série de medidas de prevenção, inclusive consideradas radicais, ele não dorme direito por causa das projeções nada otimistas de aumento nos próximos dias de casos de coronavírus em...

AL aprovará empréstimo de R$ 550 mi

A Assembleia aprovou, na convocação extraordinária desta sexta (27), dispensa de pauta para a mensagem do Executivo que pede autorização para contrair empréstimo de R$ 550 milhões junto à Caixa Econômica. O recurso será aplicado na construção de pontes de concreto em diversos municípios. Agora, a matéria entra na pauta e será aprovada pela maioria dos deputados na próxima segunda (30),...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.