Judiciário

Segunda-Feira, 21 de Setembro de 2020, 09h:18 | Atualizado: 21/09/2020, 19h:08

DIREITOS CASSADOS

Câmara vai anular posse de Ralf hoje por condenação de nepotismo na Assembleia

A Câmara de Cuiabá confirmou que irá anular a posse do suplente de vereador Ralf Leite (MDB) nesta segunda (21). Na sexta (18), a juíza Célia Regina Vidotti intimou o presidente da Câmara, Misael Galvão (PTB), para cumprir a sentença de condenação por improbidade administrativa que cassou os direitos políticos do emedebista. Também intimou o próprio Ralf para se afastar do cargo.

Reprodução

Ralf Leite

O vereador Ralf Leite está com direitos políticos suspensos por 3 anos e deve deixar cargo

A publicação do ato de anulação da posse deve ser publicada ainda hoje, segundo informou o procurador-geral da Câmara, Daniel Teixeira. Na sexta e no sábado (19) o presidente Misael esteve em viagem para São Paulo e, por isso, não pôde assinar a determinação.

Ralf tomou posse no começo de setembro com a licença do vereador Chico 2000. Ainda não há uma decisão sobre a possibilidade de convocação de outro suplente ou se a cadeira ficará vaga. Chico 2000 não poderia retornar antes do período previsto inicialmente em seu afastamento, feito para cuidar de assuntos pessoais.

A convocação de suplente, de acordo com o Regimento Interno, só poderia ocorrer se a cadeira ficasse vaga por mais de 30 dias, o que não deve ocorrer com a volta de Chico 2000 prevista para o começo de outubro.

Ralf Leite teve condenação confirmada em 2ª instância em um caso de nepotismo na Assembleia. O Ministério Público Estadual (MPE) acionou o parlamentar em 2016, quando ele estava lotado no gabinete do então deputado coronel Pery Taborelli. O pai de Ralf, o coronel da reserva Edson Leite da Silva, também estava lotado no mesmo gabinete.

O parlamentar foi condenado em 1ª instância e a condenação foi confirmada no Tribunal de Justiça em outubro de 2018. Apesar de ter entrado com recursos, o suplente de vereador não conseguiu reverter a sentença e está com os direitos políticos suspensos entre 18 de dezembro 2019 e 18 de dezembro de 2022. O Cidadania, por meio dos vereadores Diego Guimarães e Felipe Wellaton, também acionou o presidente da Câmara para destituísse Ralf.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • joao | Segunda-Feira, 21 de Setembro de 2020, 10h30
    0
    7

    Misael não pode anular nada, enquanto tiver em recurso.

Sob efeito-cavalo paraguaio em ROO

thiago muniz 400 curtinha   Em Rondonópolis, o candidato a prefeito, vereador e empresário Thiago Muniz (foto), se transformou num cavalo paraguaio, expressão muito usual no futebol quando se refere a um time que dispara no início do campeonato mas, lá pela metade, começa a cair pelas tabelas. Acreditava-se...

Lula na TV deve afundar mais Julier

lula 400   O advogado Julier Sebastião da Silva, que disputa pela segunda vez a Prefeitura de Cuiabá - na primeira, em 2016, pelo PDT, ficou em terceiro lugar e, agora, pelo PT -, levou para o seu horário eleitoral o ex-presidente Lula (foto). A participação, com pedido de voto para Julier, da maior...

Na contramão dos investimentos

jose wenceslau 400 curtinha   Ao invés de reconhecer e aplaudir a iniciativa do governo estadual, que anunciou investimentos de R$ 9,5 bilhões em obras e ações, sendo R$ 6 bilhões (63%) de recursos próprios, a Fecomércio-MT, sob José Wenceslau Júnior (foto), reagiu com críticas....

Filho de ex-deputado rumo a vereador

willy taborelli 400   O coronel PM da reserva e ex-deputado estadual Perry Taborelli, que concorreu e perdeu para prefeito de Várzea Grande em 2016, lançou de novo o filho à cadeira de vereador. Trata-se do jovem advogado Willy Jacyntho Taborelli (foto), de 32 anos. Desta vez, ele concorre pelo PV. Na eleição...

Beto vê aliado como mais preparado

wellington marcos 400   O prefeito de Barra do Garças, Beto Farias (MDB), tem sido um cabo eleitoral fundamental para o candidato à sucessão municipal, advogado e atual vice-prefeito Wellington Marcos (foto), do DEM. Beto, que está concluindo o segundo mandato consecutivo com 80% de aprovação popular,...

Produtores e a unificação de eleições

antonio galvan 400 curtinha   Mato Grosso pode ter três eleições no mesmo dia, 15 de novembro. Isso porque, além das municipais e a suplementar ao Senado, alguns produtores rurais se movimentam para que a escolha do novo presidente da Aprosoja também seja na mesma data das eleitorais. Inicialmente, o pleito da...