Judiciário

Sábado, 11 de Fevereiro de 2012, 18h:00 | Atualizado: 11/02/2012, 20h:01

Câmara de Cuiabá

Caso Deucimar pode levar anos até desfecho, avalia promotor

Com 3 mil páginas, "caso Deucimar" pode levar anos até um desfecho

     O desfecho do caso de superfaturamento da reforma do telhado da Câmara de Cuiabá pode demorar anos. São mais de 15 volumes e 3 mil páginas de documentos que o promotor de Defesa do Patrimônio Público e Probidade Administrativa, Célio Fúrio, terá que analisar para verificar de quem é a culpa pelas irregularidades detectadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). "O tempo do processo depende da complexidade do caso e do volume de documentos", pontua o membro do Ministério Público.

     Dentre os investigados, estão o ex-presidente do Legislativo, vereador Deucimar Silva (PP) e a empreiteira Alos Construtora, executora da obra. O parlamentar garante não ter responsabilidade sobre as falhas e acusa uma terceira pessoa: o técnico indicado pelo secretário municipal de Habitação, João Emanuel (PSD), para acompanhar as medições e o cálculo dos valores pagos pelo serviço.

     Em entrevista ao RDNews, Fúrio, disse que Deucimar esteve em seu gabinete na última sexta (10). Ele jurou ser inocente, se colocou à disposição para o esclarecimento dos fatos e entregou cópias de documentos referentes ao processo licitatório e ao contrato firmado com a empreiteira.

     Depois de analisar os papéis, a promotoria pode realizar perícias e oitivas. "Se reunirmos os elementos necessários que provam que houve mesmo superfaturamento e identificarmos quem é que cometeu o erro e causou o dano, vamos propor uma ação civil pública por improbidade e até mesmo de ressarcimento ao erário", explica Fúrio.

     As irregularidades nas obras foram detectadas pelo TCE durante o julgamento da prestação de contas da gestão de Deucimar. Conforme o relator do caso, conselheiro Waldir Teis, foram pagos R$ 800 por metro quadrado de telhado, quando o valor de mercado identificado pela auditoria não ultrapassou R$ 150.

     A polêmica acerca da reforma ganhou mais destaque ainda recentemente, com o alagamento do gabinete do vereador Domingos Sávio (PMDB). A água, que minou do teto, comprometeu móveis, equipamentos e materiais de escritório. Os parlamentares desconfiam que o estrago tenha relação com uma reforma de má qualidade. O presidente da Câmara, Júlio Pinheiro (PTB), diz já ter notificado a empreiteira cinco vezes para que repare os danos, mas até o momento não obteve resposta. Ele promete aguardar 10 dias antes de acionar a Justiça.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Joaquim Curvo | Terça-Feira, 14 de Fevereiro de 2012, 09h05
    0
    0

    Gente infelizmente não dará em nada!!! O TCE manda somente uma multinha e nosso MP nada vará. Infelizmente os Promotores dos nosso Estado tem muito medo da Política ser usada contra eles: transferencias ou perseguições fazem com que eles "fechem os olhos". Não precisamos ir longe. Em Rosário Oeste, a contadora é expert em licitações frias e em levantar dinheiro com notas frias. Foi assim que ela levantou dinheiro para sua campanha a prefeita de Nobres (que perdeu mas deixou o rombo para o prefeito pagar na época). Em Nobres também. Obras na Câmara e na prefeitura super faturadas e aos olhos dos órgãos competentes. Vereadores que aprovam projetos de "interesse próprio". Sim de interesse próprio porque os mesmos são pagos com a aprovação dos nobres edis em troca de combustível, contratação de parentes, notas frias de taxi e afins.. uma vergonha. O Prefeito é médico e a saúde do município é um caos. O Presidente da Câmara de Nobres um semi-analfabeto e os demais não sabem nem oque estão fazendo. Riva, Deucimar, Dirceu Dal Bosco, opa tinha esquecido... Pedro Henry.... estamos perdidos mesmo.. Ah! Teté Bezerra que está liberando umas verbinhas para o Carnaval mas pedindo "troco"... Isso não mudará nunca! E olha que é ano político, aguardem novas notícias. Este site vai bombar...

  • Dorneles | Segunda-Feira, 13 de Fevereiro de 2012, 14h02
    0
    0

    Deuci-mar é aluno do Riva. Quantos anos o Riva vem se desviando da nossa justiçia? Anos e anos. Mesmas coisa vai ser com esse caboclo!

  • ana maria | Sábado, 11 de Fevereiro de 2012, 22h03
    0
    0

    ana maria, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • ana maria | Sábado, 11 de Fevereiro de 2012, 22h03
    0
    0

    ana maria, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

Câmara chama secretária para vaga

chico 2000 curtinha   Após a destituição de Ralf Leite (MDB) da vaga de Chico 2000 (foto), licenciado, por força de decisão judicial, a Câmara de Cuiabá convocou a primeira suplente Luciana Zamproni (MDB) para assumir mandato temporário no Legislativo, menos de 30 dias. Ela atua como...

PTB perdeu uns, mas ganhou outros

emanuelzinho 400   Em Várzea Grande, enquanto alguns militantes do PTB, puxados pelo secretário jaymista Silvio Fidelis foram para os braços do candidato a prefeito Kalil Baracat (MDB), que tem Hazama (DEM) de vice, militantes de outras legendas decidiram abraçar a candidatura do petebista Emanuelzinho (foto). São...

PT de Cuiabá passivo; ROO, autêntico

kleber amorim 400 curtinha   O PT de Rondonópolis se organizou melhor, mobilizou a militância, se tornando mais autêntico do que o núcleo petista de Cuiabá. Para se ter ideia, o partido, numa posição de coragem e levando preocupação ao prefeito Zé do Pátio, que tinha...

DEM é "suprapartidário" em Cuiabá

wilson santos, 400 curtinha   Para uns, o DEM de Cuiabá se tornou "suprapartidário". Para outros, um partido de aluguel. Além de não ter cabeça de chapa para prefeito, o partido do governador Mauro e dos irmãos Júlio e Jayme Campos enfrenta uma situação inusitada de concorrentes...

Diretório do Podemos-VG dissolvido

mara podemos curtinha 400   A direção estadual do Podemos, sob o deputado José Medeiros, destituiu o diretório municipal de Várzea Grande e anulou o encaminhamento para apoio a Kalil Baracat a prefeito. Agora sob comando provisório da professora Wilcimara Carnelós, a Mara (foto), que está na...

Silvio provoca debandada no PTB-VG

silvio fidelis 400 curtinha   Silvio Fidélis (foto), afilhado político de Chico Galindo e que se tornou fiel escudeiro da prefeita várzea-grande Lucimar Campos, de cuja gestão é secretário de Educação, provocou debandada geral no PTB local. Inconformado com a decisão de Emanuelzinho de...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.