Judiciário

Quarta-Feira, 20 de Janeiro de 2010, 16h:57 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

Judiciário

CNJ nega recurso a Riva e Bertolucci vai julgar as ações por improbidade

José Riva   O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) negou o recurso do presidente da Assembleia, deputado José Riva (PP), para suspender o andamento dos processos por improbidade administrativa na Vara de Ação Civil Pública e Ação Popular de Cuiabá, comandada pelo juiz Luís Aparecido Bertolucci Júnior, onde tramitam ações em que o parlamentar figura como réu.

   A solicitação do progressista foi feita com base na Lei Complementar 313/2008, que retira da Vara de Ação Civil Pública a competência para analisar tais ações e determina que elas sejam distribuídas pelas varas da Fazenda Pública de cada comarca, que têm tramitação mais lenta.

   Ao fundamentar o despacho, o conselheiro Marcelo Nobre argumentou que a Lei Complementar já é alvo de duas Ações Diretas de Inconstitucionalidade no STF, uma proposta pelo governador Blairo Maggi (PR) e outra pela Procuradoria Geral de Justiça. “Não há qualquer possibilidade de controle administrativo com a pendência de processos judiciais tratando da mesma matéria, ajuizados anteriormente no STF. Não pode haver decisões conflitantes sobre o mesmo tema, posto que o Supremo Tribunal Federal é a única Corte com competência para rever as decisões do CNJ”, justificou.

   Antes de recorrer ao CNJ, Riva perdeu um recurso administrativo no Tribunal de Justiça, relatado pelo presidente do órgão, desembargador Mariano Travassos. Na época, apesar de proferir o voto pelo não conhecimento do recurso, ele determinou a redistribuição dos processos, conforme solicitado pela defesa do progressista. O entendimento de Travassos foi prontamente contestado pelo seu antecessor na presidência, desembargador Paulo Lessa, que apontou a contradição em não se conhecer o recurso e, mesmo assim, dar encaminhamento ao pedido. Ao final, Lessa venceu a queda-de-braço por 13 votos a 10. Restou a Riva então recorrer ao CNJ, que também negou o pedido.

   O curioso é que Lessa foi o idealizador originalmente do projeto, encaminhado à Assembleia Legislativa, que instituiu a Lei Complementar 313/2008. Durante a apreciação na Casa, o então presidente do TJ solicitou a retirada da matéria da pauta de votação para que fossem realizadas mudanças necessárias. Em vez de atender o pedido de Lessa, os deputados resolveram modificar substancialmente o texto e suprimir a parte considerada mais importante, que falava sobre a competência das varas de Fazenda Pública de cada comarca para analisar ações de improbidade administrativa. Em seguida, a matéria foi sancionada pelo governador Blairo Maggi (PR). Desde então, Lessa passou a sustentar que a lei complementar aprovada não é de autoria do TJ, mas da própria AL.

Postar um novo comentário

Comentários (18)

  • ISAIAS | Terça-Feira, 13 de Abril de 2010, 09h52
    0
    0

    ISAIAS , Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • fausto | Terça-Feira, 02 de Fevereiro de 2010, 00h06
    0
    0

    não sei se o riva gosta de manga... mas que ele vai chupar ele vai!

  • Augusto Leverger | Sexta-Feira, 29 de Janeiro de 2010, 20h01
    0
    0

    O processo de renovação e renascimento da sociedade mato-grossense, para muitos começou a se iniciar. Temos a pela prisão do "comendador" e a não releição de candidato da família Campos. Esse processo vai sem dúvida nenhuma, ter que passar pela saída do Sr. Riva da vida pública!

  • Carlos Alberto Nunes da Cunha | Sábado, 23 de Janeiro de 2010, 15h17
    0
    0

    Será que desejara ver o Dep. Riva preso configura como "Expressões Agressivas, ofensas e/ou denuncias sem provas"??? Se não, é o que do fundo de minh'alma Eu DESEJO....

  • ANDRE | Sexta-Feira, 22 de Janeiro de 2010, 08h01
    0
    0

    ANDRE, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • ANDRE | Quinta-Feira, 21 de Janeiro de 2010, 10h58
    0
    0

    ACHO QUE AI, AINDA TEM MUITO PANO PRA MANGA, SO DE PENSAR QUE O HOMEM JA ESTA CHEGANDO EM CUIABA!!!

  • Ademar Adams | Quinta-Feira, 21 de Janeiro de 2010, 09h53
    0
    0

    Parabens Romilson! Seu saite preenche importante lacuna na mída cuiabana, onde os ditos grandes veículos de comunicação se calam por motivos inconfessáveis sobre temos relvantes. Em matéria de mídia, parece ser a Internet que vai nos grantir a democracia.

  • Jedae | Quinta-Feira, 21 de Janeiro de 2010, 09h02
    0
    0

    Jedae, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • JUvenal Santos | Quinta-Feira, 21 de Janeiro de 2010, 07h14
    0
    0

    JUvenal Santos, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Claudinei Thomás Jr | Quinta-Feira, 21 de Janeiro de 2010, 07h09
    0
    0

    È triste mas é assim mesmo que aconteçe com os homens quando se acha que pode tudo começa a desmoronar as barreiras que os aseguravam,no meu ver tá ficando dificil para o seu Riva segurar isso,até que ponto vale a pena?

Três derrotas do marqueteiro Antero

antero de barros curtinha 400   O ex-senador, jornalista e marqueteiro Antero de Barros (foto) não levou sorte nas campanhas eleitorais as quais coordenou nestas eleições. Em Lucas do Rio Verde, empurrou à reeleição o prefeito Luiz Binotti que, mesmo com o poder da máquina, perdeu para o...

Lideranças jogaram duro contra EP

carlos favaro 400 curtinha   Emanuel Pinheiro teve uma reeleição sofrida em Cuiabá. Lutou contra os principais líderes políticos, que se juntaram em torno da candidatura de Abílio, uns publicamente, outros nos bastidores. O governador Mauro Mendes, por exemplo, jogou pesado para tentar derrotá-lo....

Bezerra ignora filiado do seu filiado

carlos bezerra 400   Carlos Bezerra (foto), o "cacicão" do MDB, abandonou antes da hora o palanque de Emanuel Pinheiro, mesmo se tratando do filiado mais importante em representatividade partidária no Estado. Bastou a pesquisa Ibope mostrar que o prefeito da Capital estava atrás de Abílio nas intenções de...

Sob ataques e humilhação e vitorioso

emanuel pinheiro 400 curtinha   Emanuel Pinheiro (foto) se emocionou ao falar com a imprensa neste domingo, pela primeira vez como prefeito reeleito. Lembrou que foi atacado não só neste período eleitoral, mas desde o início do mandato. Destacou a aprovação popular, com 86% de avaliação...

PT na oposição independente do eleito

edna sampaio 400   Independente de quem ocupar o Palácio Alencastro, a partir de janeiro, a professora Edna Sampaio (foto), única eleita pelo PT à Câmara de Cuiabá, fará oposição ao prefeito. E dá sinais de que será uma parlamentar bastante atuante. Neste segundo turno, como o seu...

Secretário não consegue eleger Fred

fred gahyva 400 curtinha   O vereador licenciado e secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, foi um cabo eleitoral incansável pela candidatura de Fred Gahyva (foto) a vereador pela Capital. Ele liderou reuniões nas unidades de saúde, reforçando pedido de voto para o aliado e amigo de...

MAIS LIDAS