Judiciário

Domingo, 23 de Junho de 2019, 15h:27 | Atualizado: 23/06/2019, 15h:29

DÍVIDAS BILIONÁRIAS

Com concessão em MT, Rota do Oeste fica fora de recuperação judicial da Odebrecht

A recuperação judicial das empresas do grupo Odebrecht foi aceita nesta semana e deixou de fora a Rota do Oeste, que atua em Mato Grosso com a concessão de trecho da BR-163/364 - da divisa de MT/MS até Sinop. O processo irá abarcar R$ 83,6 bilhões de uma dívida total de R$ 98 bilhões do grupo.

Ao atender o pedido de recuperação judicial da Odebrecht S/A, a holding do grupo, o juiz João de Oliveira Rodrigues Filho, da 1ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais do Tribunal de Justiça de São Paulo, entendeu que existe forte elo econômico com as demais subsidiárias. A Odebrecht é garantidora das dívidas das empresas do grupo.

Assessoria

rota oeste

A Rota do Oeste é uma empresa da Odebrecht TransPort, que não entrou no "pacotão" da recuperação judicial

Outras 20 empresas entraram no mesmo processo de recuperação. Com relação à Rota do Oeste, porém, não há informações se a Odebrecht S/A também é garantidora das dívidas da empresa.

A Rota do Oeste é uma empresa da Odebrecht TransPort, que não entrou na recuperação judicial. Ela assumiu a concessão da BR-163 em março de 2014, como parte da terceira etapa do Programa de Investimentos em Logística do Governo Federal, lançado em 2012. O contrato prevê R$ 6,8 bilhões de investimentos na rodovia, que serve como rota de escoamento da produção do agronegócio em Mato Grosso.

Questionada, a assessoria de imprensa da concessionária informou que a recuperação judicial do grupo não altera em nada a situação da Rota do Oeste. A empresa foi criada como uma Sociedade de Propósito Específico (SPE), tendo como objetivo exclusivo a administração do trecho da BR-163.

“Não bastassem os vultosos valores, a atuação coordenada e em rede do grupo, através de intensas participações societárias a envolver até mesmo outras sociedades não sujeitas à recuperação judicial, se mostrará imprescindível à construção do processo de soerguimento do grupo como um todo, cujas estratégias refletirão direta e indiretamente em ambos os processos de reestruturação que correm neste Juízo”, registrou o juiz responsável pela recuperação judicial.

O magistrado nomeou o escritório Alvarez & Marsal para administrar o grupo durante o processo. Foi dado prazo de 10 dias para apresentação de relatório sobre situação econômica da Odebrecht. Já o plano de recuperação judicial deverá ser apresentado em 60 dias.

João de Oliveira Rodrigues Filho ainda determinou que fiquem protegidas as participações do grupo na Braskem, na Ocyan e na Atvos, cujas ações foram dadas em garantia para credores durante as reestruturações financeiras realizadas após a Operação Lava Jato. A empresa fechou acordo de leniência com o Ministério Público Federal (MPF) para entregar provas em relação a casos de corrupção em que se envolveu nos últimos anos e reduzir as sanções.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

Recado do governador e a carapuça

junior fecomercio curtinha   Em comunicado oficial, o governador Mauro Mendes manda recado a alguns empresários, quando destaca que incentivos fiscais foram concedidos no passado a determinados setores de forma irregular, em troca de propina, confessada, inclusive, em delação premiada. O recado tem endereço certo:...

Elogios ao prefeito e à primeira-dama

julio campos curtinha   O ex-governador, ex-senador, ex-deputado e ex-prefeito várzea-grandense Júlio Campos (foto), um dos líderes do DEM, partido do governador Mauro, disse nesta quarta, em visita à sede do Rdnews, que é preciso reconhecer que o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro está fazendo uma...

Oposição tenta vencer pelo cansaço

L�dio Cabral curtinha   A oposição formada pelos deputados Lúdio Cabral (foto), Valdir Barranco - ambos do PT - e Wilson Santos (PT), que decidiu obstruir a pauta da Assembleia enquanto o Executivo não apresentar uma prosposta aos trabalhadores da educação, tentam vencer o presidente...

Boicote à audiência sobre Fethab Milho

Conduzida pelo deputado Ulysses Moraes, a audiência pública na Assembleia para debater a questão do Fethab Milho e a possibilidade de exclui-lo da taxação não aconteceu conforme o planejado por causa de boicote dentro da própria AL. A TV Assembleia, que costuma transmitir ao vivo esse tipo de debate, não o fez. Alegou que uma peça de transmissão estragou. De última hora, mudaram a sessão de local, de um...

UFMT e incompetência administrativa

myrian ufmt curtinha   A considerar as explicações do ministro da Educação Abraham Weintraub sobre corte de energia elétrica da UFMT, a reitora Myrian Serra demonstrou incompetência administrativa em todo processo. São seis faturas em atraso, quatro do exercício de 2018 e duas deste ano. A...

Judiciário destina R$ 3 mi para Bope

carlos alberto 190 curtinha tj   O Poder Judiciário, sob Carlos Alberto (foto), autorizou a remessa de R$ 3,1 milhões para a secretaria de Segurança. Os recursos, arrecadados em ações da 7ª Vara Criminal, vão ser usados na compra fuzis, rifles de alta precisão, submetralhadoras, coletes...

ENQUETE

Profissionais da Educação estão em greve há mais de um mês. O que você acha disso?

estão corretos. Devem continuar

discordo. Deveriam voltar às aulas

pra mim, não faz diferença

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.