Judiciário

Quinta-Feira, 14 de Janeiro de 2010, 15h:25 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

INVESTIGAÇÃO

Com parecer do MPF, CNJ vai julgar processo de Ferreira Leite

Desembargador José Ferreira Leite    Relator do processo administrativo-disciplinar instaurado pelo Conselho Nacional de Justiça contra 10 magistrados mato-grossenses, o ministro Ives Gandra determinou nesta terça (12) que a Procuradoria-Geral da República se posicione, por meio de parecer ministerial, sobre as investigações. O processo corre em segredo de Justiça e está na fase de instrução.

   Ao apreciar os autos, o procurador responsável pode solicitar novos depoimentos e diligências, bem como emitir um parecer sobre a procedência ou não das investigações. Em seguida, o processo retorna para o relator, que pode acatar ou não as orientações do Ministério Público Federal (MPF). Caso não haja necessidade de novos procedimentos, Gandra deve formular o voto e incluir o processo na pauta de votação para que seja apreciado pelo pleno. A primeira sessão do CNJ de 2010 está marcada para o próximo dia 26, mas a pauta só será divulgada em 21 de janeiro.

   O processo administrativo disciplinar apura a denúncia de pagamentos indevidos na gestão do desembargador José Ferreira Leite, ex-presidente do Tribunal de Justiça. Magistrados poderão ser afastados dos cargos, segundo o presidente do CNJ, ministro mato-grossense Gilmar Mendes. A denúncia foi enviada ao CNJ em 2008, pelo então corregedor-geral do TJ, desembargador Orlando Perri. Há indícios de desvios de verbas e materiais na construção do Fórum de Cuiabá e favorecimento em licitação e tráfico de influência envolvendo desembargadores.

   Dentre os magistrados mato-grossenses investigados, estão, além de Ferreira Leite, os desembargadores José Tadeu Cury e o atual presidente do Tribunal, desembargador Mariano Travassos, e os juízes Marcelo Souza de Barros, Irênio Lima Fernandes, Antônio Horácio da Silva Neto, ex-presidente da Associação de Magistrados do Estado (Amam-MT), Marcos Aurélio dos Reis Ferreira, filho de Ferreira Leite, Juanita Cruz Clait Duarte (filha do ex-presidente do TJ desembargador Wandir Clait Duarte - já falecido), Maria Cristina de Oliveira Simões e Graciema Caravellas.

   De acordo com o relatório da auditoria contratada pelo ex-presidente Paulo Lessa, o desembargador Ferreira Leite recebeu três parcelas de pagamentos irregulares, sendo uma de R$ 22,1 mil, outra de R$ 291,3 mil e, a última, de R$ 23,2 mil. O juiz Irênio foi contemplado com quatro parcelas (R$ 61,7 mil; R$ 65,5 mil; R$ 5 mil e R$ 18,2 mil). Marcos Aurélio teria se beneficiado com duas parcelas (R$ 139,3 mil e R$ 15,7 mil). Antonio Horácio obteve duas, uma de R$ 28 mil e outra de R$ 54,7 mil. Já Marcelo Souza de Barros recebeu uma única parcela de R$ 237,3 mil.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • tiziu | Segunda-Feira, 25 de Janeiro de 2010, 07h47
    0
    0

    E assim caminha a humanidade numa terra de poucas leis. Não disse sem leis haja vista que ainda há magistrados que nos dá orgulho. O que me dá tristeza é o fato dos serventuários ter que buscar via greve e do CNJ seus direitos. De repente ganharam mas não levaram, por birra e/ou capricho de dois ou três que comandam o TJ/MT. A promessa de solução do impasse estava prevista para o início de fevereiro/2010, agora, com a dilação do prazo só Deus sabe quando. Eta Justiça injusta. Se quer respeitam os direitos dos seus.

  • fidel | Sexta-Feira, 15 de Janeiro de 2010, 08h45
    0
    0

    Essa é a pior geração de magistrados da história de Mato Grosso.Estamos indignados com os acontecimentos e com os lobistas que desfilam no judiciário .

  • edu bitaqe | Quinta-Feira, 14 de Janeiro de 2010, 20h10
    0
    0

    As pessoas jogam pedra porque é facil o dificil é desviar delas, pois ninguem vee a versao do outro lado né?

  • ROBERTO CARLOS | Quinta-Feira, 14 de Janeiro de 2010, 19h16
    0
    0

    POR QUE NESTA MATÉRIA NÃO SAIU TAMBÉM, O POSICIONAMENTO JURÍDICO ENVOLVENDO ESTE EX-PRESIDENTE DO TJ/MT, COM O SICOOB PANTANAL EM POCONÉ. VAMOS APURAR E DIVULGAR TAMBÉM ESTES FATOS QUE PROCEDEM DA MESMA FORMA QUE ESTA ELENCADAS NESTA BELÍSSIMA MATÉRIA DESTE PORTAL. O POVO POCONEANO QUE ACHAR E PUNIR OS RESPONSÁVEIS PELO ROMBO DA COOPERATIVA.

  • eduardo marrom bombom | Quinta-Feira, 14 de Janeiro de 2010, 15h40
    0
    0

    acho q vai dar uma pizza a moda da casa.

SD e chapa competitiva pra vereador

aluizio lima 400   Comandado no Estado por Zé do Pátio, prefeito de Rondonópolis, o Solidariedade ganhou novos filiados em Cuiabá e já tem uma lista de 32 pré-candidatos a vereador, numa expectativa de conquistar até quatro cadeiras. Além dos recém-filiados, vereadores Vinicius Hugueney...

MDB diz apostar em Thiago em Roo

thiago silva 400 curtinha   Dirigentes do MDB contestam o registro em nota no Curtinhas, assegurando que a oposição está forte em Rondonópolis e que deve unificar os grupos políticos e derrotar o projeto de reeleição do prefeito Zé do Pátio. Pesquisas internas estão deixando...

Pátio, adversários fracos e reeleição

ze do patio 400 curtinha   O prefeito de Rondonópolis Zé do Pátio (foto), por mais populista, demagogo e com uma gestão avaliada pela maioria como desastrosa, caminha a passos largos para conquista de mais um mandato. Tende a vencer pela lógica do menos pior. Seus virtuais adversários são...

Pode recebe 2 já derrotados em BG

sandro saggin curtinha 400   O Podemos conseguiu juntar em Barra do Garças o grupo de dois já derrotados à prefeitura, Daltinho, que também foi deputado e em 2018 teve votação pífia na tentativa de reeleição, e Sandro Saggin (foto), um "eterno" candidato. Entregue ao ostracismo,...

Câmara de Barra devolve R$ 100 mil

joao rodrigues 400 presidente c�mara barra do gar�as   A Câmara Municipal de Barra do Garças devolveu à prefeitura R$ 100 mil para serem investidos em medidas de combate ao novo coronavírus. O presidente do Legislativo, vereador João Rodrigues de Souza, o doutor...

Auditor assume Secretaria de Controle

demilson nogueira 400   O auditor Newton Gomes Evangelista, servidor de carreira, é o novo secretário de Controle Interno da Assembleia. Ele já respondeu também pela Auditoria-Geral da Casa. Newton assumiu a Controladoria Interna no lugar do ex-prefeito de Ponte Branca, Demilson Nogueira (foto), que deixou o posto...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.