Judiciário

Segunda-Feira, 15 de Abril de 2019, 15h:44 | Atualizado: 15/04/2019, 18h:45

Conselho Militar nega pedido de Ledur para anular investigações da Polícia Civil

O Conselho Militar negou pedido da tenente do Corpo de Bombeiros Izadora Ledur para anular as investigações conduzidas contra ela pela Polícia Judiciária Civil (PJC), relativas a morte do aluno Rodrigo Claro. O advogado Huendel Rolim, responsável pela defesa da militar, disse considerar que a apuração deveria ter sido feita apenas por meio de Inquérito Policial Militar (IPM).

O juiz Marcos Faleiros, da 11ª Vara Criminal, votou por rejeitar o pedido. Os juízes militares tenente-coronel Neurivaldo Antônio de Souza, tenente-coronel Abel Rocha da Silva e major Paulo César Viera de Melo Junior opinaram pela rejeição do pedido. A major Ludmila Eickhoff Della Pasqua votou por aceitar o pedido e separar o inquérito civil do processo.

Rodinei Crescêncio

Izadora Ledur

Oficial Izadora Ledur Souza Dechamps acompanha oitiva na 11ª Vara Criminal. Defesa  da militar tentou anular as investigações da Polícia Civil contra ela 

Nesta segunda (15), são ouvidas testemunhas de defesa da tenente em audiência. Parte dos depoimentos do inquérito civil foram utilizados para a denúncia oferecida pelo Ministério Público Estadual (MPE) contra Ledur pela tortura e morte do aluno do curso de formação dos Bombeiros Rodrigo Claro, em novembro de 2016. A defesa entende que a investigação civil contra a militar é ilegal e passível de nulidade do processo.

O promotor de Justiça Allan Sidney do Ó Souza afirmou que o inquérito, de acordo com o código penal, pode ser dispensado para que o MPE ofereça denúncia e deu parecer contrário ao pedido de anulação.

Allan destacou que também foi realizado um IPM pelo Corpo de Bombeiros, utilizado para basear a denúncia. "O rótulo, se IPM ou IPC, pouco nos importa. O que nos interessa é o conteúdo. No Brasil não vigora o princípio da exclusividade da investigação penal", resumiu.

O promotor ainda lembrou que em 2016, quando a morte de Rodrigo ocorreu, os crimes comuns praticados por militares eram de responsabilidade da Justiça Comum, passando à Justiça Militar apenas com a mudança da legislação em 2017.

Vitória

Em fevereiro, o Conselho de Justificação inocentou Ledur e afirmou que ela tem "condições para continuar no Corpo de Bombeiros". A decisão foi anexada neste processo conduzido por  Faleiros. Eles constataram que Ledur é inocente em quatro dos cinco itens imputados a ela. Foi declarada culpada devido golpes de nadadeiras contra os alunos durante o treinamento. 

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • davi | Segunda-Feira, 15 de Abril de 2019, 17h50
    2
    0

    Toda rindo né... Não foi parente dela que morreu.. não está nem ai... O pior que sabemos que essa maldição é em consequência do pai dela... Coronel da PM que tanto humilhou praças.. ao ponto de dizer que não precisava ganhar muito. Aqui se faz... aqui se paga

Matéria(s) relacionada(s):

Contra mudar multas do Fundecontas

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro (foto) vetou a inclusão de um dispositivo no artigo 2º da lei de 2005 que criou o Fundo de Reaparelhamento e Modernização do TCE. Essa alteração foi aprovada pela Assembleia na sessão de 29 de outubro e, na prática, iria retirar e dar outro...

Ex-deputado quer comandar Chapada

roberto nunes 400   O ex-deputado Roberto Nunes (foto), que recebe dois vencimentos da Assembleia, um como aposentado e outro como beneficiário do extinto FAP, somando mais de R$ 30 mil mensais, está se articulando para encarar mesmo a disputa pela Prefeitura de Chapada dos Guimarães. Transferiu para lá o...

Contra regular as redes a magistrados

thiago amam 400 curtinha   O presidente da Associação Mato-Grossense de Magistrados, juiz Tiago Abreu (foto), vê com preocupação a proposta de resolução do CNJ que estabelece parâmetros quanto à utilização das redes sociais por magistrados. Enfatiza que a Amam...

Sem prefeitos, Sema cancela evento

mauren 400   Sob Mauren Lazzaretti (foto), a secretaria estadual de Meio Ambiente tinha programado um ato nesta quarta, às 16h, em sua sede, para entrega do chamado Kit Descentralização a 30 prefeitos. O governador Mauro participaria do evento. Mas os gestores não apareceram. Cinco mandaram representantes. Ao ser...

"Fogo amigo" no TCE e petição no STJ

E segue a guerra nos bastidores entre conselheiros substitutos e os titulares afastados. Os reservas que há dois anos compõem o Pleno torcem para Albano, Joaquim, Sérgio, Teis e Novelli não retornar à ativa tão cedo. E, segundo informações, dois deles têm agido de forma açodada no STJ, a quem cabe decidir pelo retorno ou não, em julgamento de um recurso na pauta para o próximo dia 18. Tentam tumultuar o processo,...

Prefeito vai dar emprego a mototaxista

emanuel pinheiro 400 curtinha   O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (foto) afirma que, como pai de família, se sensibilizou muito com a situação do mototaxista que foi atropelado por "amarelinhos" no bairro Altos da Serra. Ele garante que determinou que o secretário Antenor procure a família da...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.