Judiciário

Terça-Feira, 04 de Junho de 2019, 18h:16 | Atualizado: 04/06/2019, 20h:04

JOGO DO BICHO

Genro de Arcanjo fica calado em delegacia e espera liberdade; preso confessa crimes

rodinei crescencio

ulisses rabaneda

Advogado Ulisses Rabaneda, que faz a defesa do empresário Giovanni Zem, no Fórum da Capital, quarta passada

Giovanni Zem e outros quatro suspeitos ficaram em silêncio durante depoimento na Gerência de Combate ao Crime Organizado, da Polícia Civil, na tarde desta sexta (4). Segundo o delegado Flávio Stringuetta, apenas um confessou a sua participação no jogo do bicho pelo grupo FMC. O advogado Ulisses Rabaneda, que faz a defesa do genro de João Arcanjo Ribeiro, disse que já prepara um habeas corpus para tirá-lo da Penitenciária Central do Estado (PCE).

“A maioria está mantendo o silêncio. É um garantia constitucional. Apenas um resolveu colaborar e confessou a sua participação”, disse o delegado à imprensa.

Giovanni também negou envolvimento e, em seguida, ficou em silêncio. Segundo o advogado, ele falará somente após ter acesso ao conteúdo das investigações. “Como o interrogatório é um direito e um meio de defesa, após ter acesso a tudo, ele se dispõe a prestar os esclarecimentos”.

O advogado também disse que “não procede” a informação de que Giovanni seja uma espécie de “testa de ferro” ou “laranja” no jogo do bicho para seu sogro João Arcanjo Ribeiro. A Polícia Civil apontou que os dois foram acusados de, juntos, comandarem a organização criminosa Colibri.

Já o que confessou foi identificado como João Henrique Sales, que exerceria a função de recolhedor para o grupo supostamente liderado pelo empresário Frederico Muller Coutinho e rival de Arcanjo. O recolhedor faz a coleta do dinheiro e das apostas das bancas do jogo do bicho. Além de João, os suspeitos Bruno Almeida dos Reis e Alexsandro Correia, que também pertencem a este mesmo grupo, foram ouvidos, mas ficaram em silêncio.

Outra integrante ligada ao Grupo FMC também confessou participação na última semana. A contadora da organização, que não foi identificada para preservar as investigações, revelou que Frederico lucrava entre R$ 80 mil e R$ 100 mil por mês com o jogo do bicho.

Por outro lado, os acusados de pertencerem ao grupo do ex-comendador estão permanecendo em silêncio. O exemplo é de Noroel Braz da Costa Filho, apontado por ser assessor de Arcanjo e seu “braço armado”, que ficou em silêncio no depoimento. Além disso, Marcelo Gomes Honorato, que teria a função de recolhedor, também foi levado para ser ouvido na GCCO nesta terça (4), mas ficou em silêncio.

Todos os seis foram levados para depor sobre seus supostos envolvimentos nas organizações criminosas que executam o jogo do bicho em Mato Grosso. A prática é tida como jogo de azar e crime para a legislação brasileira. Conforme a Polícia Civil, os dois grupos teriam movimentado mais de R$ 20 milhões em um ano.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • José | Quarta-Feira, 05 de Junho de 2019, 15h50
    1
    0

    Seria ironico se não fosse trágico. Até os cachorros da rua da VG daonde esse rapaz saiu sabe muito bem sia atuação e seus aliados dentro e fora do estado de mt. Será que as autoridades conhecem um mecanismo chamado google.

IFMT e novo laboratório pra testagem

deiver 400 curtinha   Numa iniciativa inédita, o Campus do IFMT Cuiabá - Bela Vista, sob o diretor-geral Deiver Alessandro Teixeira (foto), terá um novo laboratório a ser utilizado para análise sorológica da Covid-19, através da pesquisa de IgG e IgM. A obra, orçada em R$ 1 milhão,...

Comitê chama órgãos fiscalizadores

emanuel pinheiro 400 curtinha   Para colocar fim às críticas sobre suposta falta de transparência na aplicação dos recursos transferidos a Cuiabá pelo governo federal com vistas ao enfrentamento à pandemia, o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) determinou que seu secretário de Saúde, Luiz...

PT sob risco de não eleger ninguém

marcos viana 400 curtinha   Mesmo tendo cabeça de chapa para prefeito, no caso o ex-juiz federal Julier Sebastião da Silva, o PT dificilmente elege um vereador em Cuiabá no pleito deste ano. A chapa de pré-candidatos proporcionais é fraquíssima. O "grande" nome do partido é da professora Edna...

Único da família Oliveira pra vereador

luluca 400 curtinha   Na queda-de-braço entre irmãos, venceu, por enquanto, Luiz Arthur Oliveira Ribeiro, o Luluca (foto), que será candidato a vereador pelo MDB em Cuiabá, carregando o espólio político da família Oliveira. Irmão de Luluca, o ex-vereador Leonardo Oliveira, que procurou e...

2 nomes do DEM avaliam desistência

ivan evangelista 400 curtinha   A chapa de pré-candidatos do DEM a vereador pela Capital corre risco de sofrer duas baixas consideráveis. Os ex-vereadores Ivan Evangelista (foto), que atuou na Câmara por 13 anos, e Leonardo Oliveira, por dois mandatos, podem vir a desistir do teste das urnas. Mas, por enqanto, ambos garantem...

Sexto suplente na Câmara por um mês

aluizio leite 400 curtinha   Aluízio Leite (foto), filiado histórico do PV, tomou posse como vereador pela Capital na último dia 2. Mas vai ficar na cadeira por somente 31 dias, até o retorno do titular, delegado Marcos Veloso, que se afastou para cuidar de assuntos pessoais e hoje se encontra hospitalizado com...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.